Como segue o protocolo, os shows do Roberto Carlos têm tudo o que o fã quer ver: superprodução, jogo de luzes, banda impecável e muitas surpresas. São tantas emoções! No show que aconteceu na última sexta-feira (29), na Ópera de Arame, os expectadores estavam avisados - a apresentação seria usada como gravação do Especial de Fim de Ano da Rede Globo.

O cantor se apresenta mais uma vez neste sábado (30), numa sessão extra desta apresentação que teve os ingressos esgotados juntamente com o anúncio do show.

A encomenda da produção era de 12 dúzias de rosas colombianas vermelhas; 4 dúzias de rosas colombianas brancas, ornando com seu terno inteiro branco uma gravata dourada. Todos os grande sucessos foram cantados, a começar com "Emoções", marca registrada do cantor e entoada em coro antes mesmo dele subir ao palco.

"Detalhes", "Como Vai Você", "Mulher de 40", "Ilegal, Imoral ou Engorda", "Além do Horizonte"; toda a carreira do músico, dos clássicos da Jovem Guarda aos sons mais atuais como "Esse Cara Sou Eu" e "Chegaste", do seu último álbum, foram cantados.

O que ninguém sabia é o que estava por vir: Erasmo Carlos, cantor e amigo de Roberto Carlos cantou duas músicas ao seu lado, uma delas, "Amigo", é claro. Talvez, a emoção deste momento só tenha perdido para a clássica distribuição de rosas. Na plateia, homens e mulheres de todas as idades cantavam as letras do começo ao fim.

A capital paranaense deve ser o local da última apresentação da sua tour de 2019. No site oficial do cantor ainda não há datas de apresentações depois do dia 30 de novembro. Há apenas uma em 2020 no tradicional cruzeiro Emoções da operadora MSC que será no dia 15 de fevereiro.