Acrótona Sopas e Pizzas

Calzone do Acrótona Pizza e Sopas. Foto: Marcelo Andrade/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante da Rua Cruz Machado é um clássico curitibano. Aberto há 44 anos, tem buffet de sopas, pizzas e calzones. Na foto, calzone à moda da casa, recheado de frango com catupiry e Califórnia.

Aizu

Sushi de atum com foie gras maçaricado. Foto: Marcelo Krelling/Divulgação

A cozinha do Aizu é japonesa contemporânea. Dentre os destaques no cardápio, sushi de atum com foie gras maçaricado (R$ 61, duas unidades), que venceu a categoria Oriental do Prêmio Bom Gourmet 2018, e o carpaccio de salmão com azeite trufado e raspas de limão siciliano.

Avenida Paulista

Forno à lenha da pizzaria Avenida Paulista. Foto: Antônio Costa/Arquivo Gazeta do Povo

A pizzaria serve também massas, carnes e saladas. Dentre os sabores famosos, Amalfitana (molho de tomate, berinjela marinada no alecrim, muçarela de búfala, presunto Parma e manjericão) e a que leva o nome da casa: muçarela, rúcula, pimentões sem pele e no aceto balsâmico, molho de tomate e tomate seco feito no forno à lenha da pizzaria.

>>> Bar de Curitiba tem piscina disponível para clientes

Babilônia

Prato de filé mignon com pasta do Babilônia. Foto: Fernando Zequinão/Arquivo Gazeta do Povo

É possível jantar nas quatro unidades do Babilônia em Curitiba, mas apenas a que fica no bairro Batel funciona 24h -- informação importante caso o leitor prefira jantar após as 22h. O cardápio do almoço e jantar é o mesmo, com opções de massa, carne, sushi, sopas e batata suíça, entre outros.

Batel

Cabral

Shopping Müeller

Shopping Palladium

Barolo Trattoria

Conchiglione recheado com camarão e molho San Marino do Barolo Trattoria. Foto: Hugo Harada/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante italiano serve massas com carnes e frutos do mar, tem uma grande adega e coleciona prêmios. O Conchiglia di gamberi é composto de conchiglione recheado de camarões, aspargos, tomate, manjericão e catupiry com molho San Marino. O prato é hors-concours do Prêmio Bom Gourmet, pois levou a categoria Massa por cinco anos (2011, 2012, 2014, 2015 e 2017). A massa artesanal tem cenoura e tomate em sua composição. A receita é a mesma há cerca de 15 anos e foi criada pelo proprietário Arnaldo Zanon. A porção é para duas pessoas e é servida em uma panela barro com crosta gratinada.

Matriz

ParkShoppingBarigüi

Bobardí

Costela ao molho demiglace com purê de cenoura, um dos pratos incluídos no cardápio do Bobardí pelo chef Danilo Takigawa. Foto: Divulgação

Com a entrada do chef Danilo Takigawa, entraram pratos com técnicas contemporâneas, como fermentação e defumação, uma novidade para um cardápio que era de clássicos franco-italianos. Destaque para a entrada tapioca de siri com kiwi fermentado e os pratos principais lombo de cordeiro com mandioquinha tostada, costela com purê de cenoura e ossobuco com polenta.

>>> Saiba mais sobre o cardápio do Bobardí

Cantina Baviera

Sopa de cebola da Cantina Baviera, um clássico. Foto: Hugo Harada/Arquivo Gazeta do Povo

Há mais de 45 anos no mesmo endereço, a Cantina Baviera tem cardápio com pizzas, calzones, carnes e massas. A sopa de cebola (R$ 40, 500 ml) é uma das estrelas da casa: o proprietário Giovanni Muffone costuma contar que a receita lhe custou “duas viagens a Paris e um cozinheiro francês subornado”.

C La Vie

Cordeiro e fettuccine, prato do C La Vie do chef Giuliano Secco. Foto: Divulgação

A cozinha comandada pelo chef Giuliano Secco tem massas, carnes e frutos do mar. Destaque para cordeiro com fettuccine (foto) e para a costela de Black Angus assada com demiglace, purê de batatas, coleslaw (espécie de maionese americana feita com repolho e cenoura) e farofa de alho.

Famiglia Originale

Tortei de berinjela com pesto e nozes, um dos pratos veganos do cardápio da Famiglia Originale. Foto: Hugo Harada/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante tem um cardápio com mais de 60 sabores de pizza, além de carnes, aves e massas. Há uma parte do cardápio com preparos veganos (sem carne, leite ou ovos), com o tortei de berinjela com pesto e nozes da foto. São seis sabores de pizza veganas e sete pratos de massa (servem duas pessoas).

>>> Lagundri serve prato feito indiano a R$ 27 no almoço e cliente pode repetir

Forneria Copacabana

Agnolotti Vicenza, prato da Forneria Copacabana. Foto: Fernando Zequinão/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante fica na Av. Iguaçu e tem um cardápio com entradas para compartilhar, saladas, massas, risotos, carnes, aves e peixes, pizzas e calzones. Tem também uma carta de drinks clássicos, caipirinhas e jarras de sangria e clericot para dividir. Na foto, Agnolotti Vicenzza (R$ 59): massa recheada com emmenthal e servida com creme de parmesão, uvas frescas e amêndoas torradas.

La Varenne

Carré de cordeiro com tagliolini na manteiga de sálvia e molho de alho e ervas do restaurante La Varenne. Foto: Divulgação

Comandada pelo chef Felipe Miyake, a casa tem um cardápio franco-italiano desde sua abertura. Na foto, carré de cordeiro com tagliolini na manteiga com sálvia e molho de alho e ervas. O restaurante foi inaugurado em 2015 com cardápio do chef Ivo Lopes, que participou do Masterchef Profissionais. A alma de cozinha clássica permanece na casa.

Nomade

Steak tartar com ovo de codorna, uma das entradas para compartilhar do restaurante Nomade. Foto: Divulgação

O restaurante do chef Lênin Palhano de cozinha contemporânea fica no primeiro andar do hotel Nomaa, no Batel. O cardápio tem entradas para compartilhar, como o steak tartare, servido com pão e ovo de codorna e o polvo com alga e abacate. Na parte de pratos principais, que são individuais, há pratos como arroz negro com palmito, cogumelo, rúcula e queijo mandala, nhoque à bolonhesa com espuma de grana padano e arroz de bacalhau com ovo perfeito e mandioca crocante. É recomendado fazer reserva.

Poco Tapas

Croquete de jacaré do restaurante Poco Tapas, que emprega técnicas de cozinha molecular em seu menu degustação. Foto: Hugo Harada/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante de cozinha molecular trabalha apenas com menu degustação, ou seja, uma sequência de pratos por um preço fixo. São oito preparos salgados e quatro doces que “enganam” à primeira vista, como o croquete de jacaré, da foto. O cardápio de drinks também traz experiências moleculares, como os drinks em esfera, que explodem na boca.

Scavollo

Filetto Café Paris do restaurante Scavollo. Foto: Fernando Zequinão/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante abriu em 1984 e tem foco na cozinha italiana, com sete preparos de carne (à parmigiana, au poivre, com gorgonzola, entre outros), massas e sabores clássicos de pizza (marguerita, portuguesa e quatro queijos, por exemplo). Destaque para o Filetto Café Paris, na foto: mignon com manteiga de ervas finas e fettuccine ao creme parmesão.

Terrazza 40

Restaurante Terrazza 40 tem vista panorâmica de toda a cidade. Foto: Hugo Harada/Arquivo Gazeta do Povo

O restaurante fica no 38º andar de um edifício próximo à Praça da Ucrânia e, além do cardápio, o atrativo é a vista de 360 graus da cidade. O cardápio tem inspiração italiana e pratos como nhoque de batata com molho de pernil de cordeiro e como o cogumelos Paris recheados com pasta de queijos e gratinados com bacon e páprica picante. Acompanha fettuccine ao molho de creme de leite fresco com cebola e bacon. Às segundas-feiras, a rolha é livre e os rótulos nacionais ficam com 30% de desconto. É recomendado fazer reserva com antecedência.