Passeios

Um bom rolê em Curitiba gastando até R$ 30

Por: Sandro Moser
Um bom rolê em Curitiba gastando até R$ 30

Dependendo do lugar e da marca de bebida que você peça, 30 reais não pagam nem uma garrafa de cerveja ou uma taça de vinho. O bom e velho “trintão” representa hoje apenas 3,2% do novo salário mínimo nacional, pouco mais de nove dólares americanos. Mas, se você está com pouco dinheiro e conhece o caminho das pedras: dá, sim, para comer, beber e se divertir com esse "pouco dinheiro no bolso". 

Cafè Tiramisù

Ainda em fase de pré-abertura, mas em funcionamento das 11h às 19h, o café anexo ao Museu Guido Viaro, tem charme, produtos de qualidade e bons preços. Com 30 reais é possível fazer um pequeno milagre. O almoço com entrada e prato principal (o cardápio muda todo o dia) sai por redondos R$ 20. Para a sobremesa, tiramisù (o doce italiano que dá nome a casa) sai por R$ 7 e, para fechar, um café na moka sai por R$ 3. Aberto pelo empresário e produtor cultural Antônio Cava, café nasce com a proposta de atender clientes com “bom gosto e pouco grana”, como universitários, professores e artistas , diz o proprietário. “Também sou consumidor e fico triste de deixar o preço de uma refeição pra comer uma fatia de torta.

Filme com Pipoca no Novo Batel

Um dos poucos cinemas que exibem filmes fora do circuito dos blockbusters, o Cineplex Batel é o “mais em conta” dos cinemas de shopping em Curitiba. Um dos únicos que garante uma experiência boa com apenas 30 reais. Nos dias de semana, a entrada custa R$ 21. Assinantes da Gazeta do Povo e outros beneficiados (membros da OAB e outros) pagam meia (R$ 10,50). Em qualquer dos casos, sobra dinheiro para comprar uma pipoca média (R$ 9). No segundo da pra comprar um refrigerante (R$ 5) e ainda sobram uns trocados.

Ave Lola

Mais do que um simples teatro, o Ave Lola Espaço de Criação, recebe e cria espetáculos teatrais e oficinas multidisciplinares, e oferece a possibilidade de intercâmbio para artistas e públicos com um pequeno e charmoso misto de bistrô e café que abre uma hora antes e fecha uma depois de cada espetáculo. O Ave Lola não coloca preço em suas apresentações teatrais – o publico paga quanto quiser. Assim, o sujeito com R$ 30 no bolso pode pagar 20 na entrada e mais R$ 10 em um chope artesanal. Ou 24 na bilheteria e seis em um café ou ainda fazer um 15/15, divididos entre a entrada e uma taça de vinho.

Lado B

Chope, pão com bolinho, fliperama e punk rock. O que mais um sujeito precisa? Pois no Lado B um combo farto destes ingredientes sai por apenas R$ 30. Um pão com bolinho caprichado (R$ 10) duas fichas de fliperama (R$ 4) e dois chopes Lager da Way de 400 ml (R$ 16). A casa sempre programa shows das melhores bandas de rock e punk rock da cidade – o primeiro do ano foi da Relespública – sem cobrar entrada nem couvert.

Mon + Porks

Arte contemporânea e costelinha barbecue; por que não? A visita ao Museu Oscar Niemeyer (MON) é passeio obrigatório para quem visita ou vive em Curitiba. Os ingressos do museu do olho tem preços acessíveis R$ 20 ou R$ 10 (meia entrada). e é bom ficar de olho, pois o MON sempre faz promoções com dias de visitação grátis. Depois das visitas, uma pedida certeira é atravessar a rua e tomar um chope e comer alguma especialidade suína no Porks.  Em janeiro, o bar vendoi o combo Costelinha Barbecue + chope puro malte a R$ 15. Se você entrou no Mon de graça, pode embalar no chope que é vendido a apenas R$ 5. Se pagou meia entrada, pode encarar dois chopes e uma costelinha. E se teve que pagar inteira, tudo bem, ainda dá pra tomar dois chopinhos.

Teatro da Caixa e Exprèx Caffé

O simpaticíssimo teatro da Caixa Cultural recebe o melhor da música brasileira como o circuito do projeto Sambas de Bamba ou shows com a curadoria da CC. Em razão do subsídio do banco federal, é possível cobrar preços camaradas como R$ 20 (entrada inteira) para shows, com o perdão da palavra, impagáveis. Neste fim de semana serão os Mulheres Negras na agenda. Na conta dos R$ 30, portanto sobram dez que podem ser bem gastos – andando poucos metros para tomar um café expresso machiato (R$ 4,50) e um saboroso pão de queijo (R$4) do Exprèx Caffè, na praça Santos Andrade. As moedas que sobrarem, sugiro coloca-las no caixinha da atenciosa equipe do café.