Filmes

Mulan estreia em 2020: o que muda na versão live-action?

Por: Redação
Mulan estreia em 2020: o que muda na versão live-action?

O próximo ano está quase aí e uma das grandes estreias é o live-action Mulan, com data marcada para o dia 26 de março, em todas as salas de cinema do país. Assinantes do Clube podem conferir o filme pagando meia-entrada em diversas redes de cinema em Curitiba.

>>> Casa Varela desenvolve pratos com ingredientes produzidos no próprio restaurante

>>> Jamie’s Italian tem binóculo de sabores para crianças escolherem pratos

Na trama, Hua Mulan, interpretada por Liu Yifei, é a filha mais velha de um guerreiro adoentado. Ao saber de um anúncio feito pelo Imperador da China, cujo decreto exigia que um homem de cada família deveria servir ao exército, Mulan decide ir no lugar de seu pai, disfarçada de homem, com a identidade de Hua Jun. Ao combater os invasores que atacam a nação chinesa, Mulan acaba se tornando uma grande guerreira.

A história é baseada em uma lenda chinesa, em que Hua Mulan viveu entre o século IV ou V da era cristã e lutou durante 12 anos no exército imperial chinês.

Sobre o filme, há algumas diferenças do original, lançado em 1998, a começar pelo fato de que Mushu – o divertido dragão da animação – não estará presente no filme, o que pode ter ocorrido por conta de que o personagem não é citado na lenda original e foi apenas criado para o primeiro filme.

Outra novidade é que Mulan terá uma irmã, interpretada pela atriz Xana Tang. Na animação, a jovem era filha única. Além disso, Li Shang, por quem se apaixona, não estará no live-action, abrindo um espaço para um personagem inédito, a nova paixão de Mulan, que se chama Chen Honghui, um importante aliado da jovem.

Além destas mudanças, o filme terá diversos novos personagens, como o comandante Tung, vivido por Donnie Yen, uma bruxa poderosa interpretada por Gong Li e Khan (Jason Scott Lee), um guerreiro que quer vingar a morte de seu pai.