Eventos

Ilha do Mel vai receber grandes nomes do jazz em festival durante o mês de agosto

Por: Sandro Moser
Ilha do Mel vai receber grandes nomes do jazz em festival durante o mês de agosto

Com a presença de nomes de peso como Arismar do Espírito Santo e Raul de Souza, além de dezenas de shows, a Ilha do Mel será tomada pelo jazz no mês de agosto.

Nos cinco finais de semana do próximo mês, músicos de destaque do jazz paranaense e nacional se apresentam na Ilha em dois festivais dedicados ao gênero: a 6.ª edição do já tradicional Ilha do Mel Jazz Festival e o evento Jazz na Treze que acontece nas mesmas datas. Os dois festivais têm organização própria, sem nenhuma relação entre si. 

>>> Quanto custa assistir um filme no novo cinema do Jockey Plaza

No Ilha do Mel Jazz Festival a programação musical vai rolar nas praias de Brasília e de Encantadas, todos os finais de semana de agosto. Alguns dos grandes nomes do jazz paranaense como o Boldrini Quarteto, Dinamite Combo e Apinajazz estão na programação (veja aqui).

Todas as atrações musicais são gratuitas na Praça Felipe Valentim – Brasília. Nos bares e restaurantes pode haver a cobrança de couvert artístico. Para as festas haverá a venda de ingressos no local (Grajagan Surf Resort, em Brasília, e no Cavalo Marinho, em Encantadas). O evento conta ainda com práticas de yoga na praia e mutirões de limpeza.

Evento paralelo

A pousada Treze Luas também programou festival Jazz na Treze, um circuito paralelo que também acontece durante os finais de semana de agosto. A pousada Treze Luas é considerada o “berço” do jazz na ilha, pelo pioneirismo na promoção de shows do estilo musical em meados da década de 2000.

Em sua segunda edição, o festival Jazz na Treze apresentará nomes consagrados como Raul de Souza, Arismar do Espírito Santo (foto), Glauco Sölter, Mário Conde e as cantoras Cristina El Tarran, Thais Morel e Rogéria Holtz. Os shows acontecerão às sextas e sábados à noite e aos domingos à tarde.

“O Arismar do Espírito Santo é um dos grandes gurus da música brasileira instrumental, junto com Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti, e se apresentará com novo projeto Cataiaia e o Raul é um símbolo da música instrumental brasileira”, explica o baixista Glauco Solter, curador do evento.

Os shows são abertos ao público e a programação completa está em aqui.