Alimentos e Bebidas

Feira noturna da Praça da Ucrânia tem pratos típicos por menos de R$ 30

Por: Anna Sens, especial para a Gazeta do Povo
Feira noturna da Praça da Ucrânia tem pratos típicos por menos de R$ 30

Para quem mora nos arredores, é tradição. Desde 1993, a Praça da Ucrânia ganha outras cores e formatos com a feira noturna Sabores do Mundo, que tem barraquinhas de comidas típicas para alegrar estômagos e bolsos. Atualmente, a feira acontece toda sexta-feira, das 17h às 22h.

O local é bem iluminado, o parquinho da praça se torna atração para as crianças, há mesas e cadeiras coloridas por todos os cantos. Quando não está tão frio, a feira fica cheia, mas as filas se resolvem fácil e logo os quitutes já podem ser saboreados por pessoas, famílias e casais que ocupam a cidade.

Um dos “fundadores” da feirinha é o polonês Tadeu Kawalec, o Tadeu do Pierogi (foto acima). Morando no Brasil desde 1981, trouxe a receita típica dos polacos para Curitiba. Diz que a ideia da barraquinha típica saiu da sua cabeça. Hoje, vende 20 unidades de pierogi por R$ 15. Há a opção tradicional, com ricota e batata, até preparos mais elaborados.

O que tem para comer

A feirinha tem de tudo um pouco: batata suíça (R$ 21), espetinho de camarão (R$ 15), hambúrguer artesanal (R$ 15), crepes (R$ 6) e bolo de milho (R$ 7, a fatia). Conta ainda com opções de pratos típicos brasileiros, há uma barraca de comida mineira, que serve pão de queijo gigante recheado com pernil (R$ 20), e outra com o baianíssimo acarajé (R$ 15; foto destaque).

>>> Queridinhos da boemia, bares de Curitiba completam 10 anos

Empanadas 

Você pode viajar pela gastronomia, sem sair da Praça da Ucrância. Tem empanada argentina (foto abaixo) por R$ 7, de carne, camarão, queijo e presunto e outros sabores; servida com molhos e pimentas.

Comida do Pacífico

O Poke de Salmão (arroz, salada e salmão; foto abaixo), sai por R$ 25, e há combos de Sushi e Sashimi a partir de R$ 15. Tem também Rolinho Primavera, por R$ 6, e Yakissoba, de frango ou carne, por R$ 20.  

Do churros ao waffle  

Do México tem nachos de carne moída (R$ 15) ou vegetariano (R$ 20). Já quem gosta de doce, pode se esbaldar na barraca “Delícias da Frida”: churros (R$ 7) de brigadeiro ou doce de leite; e churros gourmet (R$ 9; foto abaixo), de Nutella ou Doce de Leite Havana. Ainda dá pra acrescentar toppings de chocolate belga Callebaut no doce. Falando na Bélgica, o waffle recheado custa a partir de R$ 8.

Tipicamente português 

Ainda sobre doces: é possível dar um pulinho em Portugal e experimentar um Pastel de Belém ou um Travesseiro de Sintra (ambos por R$ 6; foto abaixo). Lá também tem bolinho de bacalhau (R$ 7).

Doce húngaro 

Uma das diferentonas da feira é a barraquinha de KurtosCones (R$ 15; foto abaixo), que serve o kürtőskalács da Hungria. É um bolo em formato de cone, de massa doce e fininha, banhado em açúcar e canela. Aqui, ganha recheio de Nutella e uma porção de sorvete em cima.  

Enquanto isso, inspirada na Alemanha…

O nome da barraca Currytiba Wurst faz uma brincadeira com o nome do prato típico alemão Currywurst, que consiste em salsicha de porco com curry e batatas fritas. O prato é encontrado ali por R$ 18, há nove anos servido pelo dono do espaço, Gerson Jourdani.

>>> Nova unidade do Outback em Curitiba tem data para inaugurar

Entre as opções está o sanduíche Blumenau (R$ 15); mas o diferencial mesmo por ali é o Eisbein (foto abaixo): joelho de porco cozido e frito ao mesmo tempo, servido com purê de batata, purê de maçã, curry e chucrute, por R$ 25.

Clássico 

E sim, nós amamos pastel! A estrela de toda e qualquer feirinha em território brasileiro pode ser encontrada em sabores tradicionais, como carne, queijo e palmito, a partir de R$ 5,50 (foto abaixo). Pela mesma faixa de preço, quentão (tradicional ou com marshmallow) é servido em quase todas as barraquinhas.