Shows

“Todos gostam de cantar o amor”, diz Fábio Jr., que se apresenta em Curitiba nesta semana

Por: Luciana Penante, especial para Gazeta do Povo
“Todos gostam de cantar o amor”, diz Fábio Jr., que se apresenta em Curitiba nesta semana

Fábio Jr. não pensa em voltar a ser ator, a carreira na música vai muito bem, obrigado. O cantor desembarca em Curitiba para única apresentação no dia 16 de agosto, no Teatro Positivo, em um show que contou com a participação do público por meio de uma enquete para escolha do repertório nas redes sociais. Fábio conversou com o Guia Gazeta do Povo sobre o novo show, carreira, filhos e o panorama da música romântica no Brasil.

Guia Gazeta do Povo: Ao todo, são mais de quarenta anos de carreira. Como resumir esse período em poucas palavras?
Fábio Jr.: Eu tenho muita gratidão por tudo que eu vivi e conquistei nesses anos de carreira. Sempre soube o que eu queria para minha vida, faria tudo de novo, se preciso fosse. E agradeço a todos que me acompanham nesses anos e curtem meu trabalho.

Guia: A sua carreira sempre envolveu seus trabalhos como cantor e como ator – com grandes sucessos da teledramaturgia no currículo. Você pensa em voltar a atuar?
Fábio Jr.: No momento não, sou apaixonado pela música, me sinto realizado no palco e fica um pouco complicado conciliar as duas carreiras.

Guia: Seus filhos Cléo Pires e Fiuk, assim como você, tem carreiras como atores e cantores. Como você observa essa semelhança?
Fábio Jr.: o Filipe (Fiuk) é muito parecido comigo, até fisicamente (rs) e é escorpiano como eu. Quando ele falou comigo, ainda muito garoto, com a ideia de formar uma banda, eu apoiei. A Cleo eu sempre acreditei no potencial dela, quando ela era pequenininha dizia que não queria ter essa “vida de artista”, mas não teve jeito, o talento falou mais alto. Sempre apoio meus filhos nas decisões, mas também coloco muita responsabilidade nas mãos deles, essa carreira exige muito de nós e tentei prepará-los para isso.

Guia: Seus grandes sucessos sempre foram as músicas românticas. Como você vê a música romântica hoje no Brasil? Ela passou a ser a música sertaneja ou ainda há espaço para outros estilos?
Fábio Jr.: Há espaço para todos os estilos, a música romântica nunca deixou de existir. Hoje, o cenário talvez tenha mudado com o destaque maior da música sertaneja, mas na minha opinião, a música sertaneja “de hoje” é música romântica. Todos gostam de cantar o amor, o romantismo nunca deixará de existir.

Guia: Qual a sua relação com o público de Curitiba? O que o público pode esperar do show que se aproxima?
Fábio Jr.: Caramba! A moçada de Curitiba sempre me recebe com muito carinho, a energia que eles me passam quando estou aí, é muito boa! Tô chegando aí pra gente se divertir e curtir muito! Brigaduuuuu!

Os ingressos para o show custam entre R$ 100 e R$ 500 e estão à venda pelo Disk Ingressos.

Leia também:

>>> Espetáculo de Natal do Palácio Avenida 2018 tem datas anunciadas

>>> Rede de cinema em Curitiba faz promoção com entrada a R$ 5 durante a semana

>>> “Eu sou a Rainha dos memes, gifs e da internet”, diz Gretchen que faz show em Curitiba