Teatros

Para surdos e ouvintes – peça no Portão Cultural é interpretada em português e em libras

Por: Laura Beal Bordin
Para surdos e ouvintes – peça no Portão Cultural é interpretada em português e em libras

O encontro de duas crianças órfãs dentro de uma casa em ruínas durante a guerra – uma se comunica por libras e outra por meio da língua portuguesa. Esse é o roteiro da peça Enquanto a Chuva Cai, espetáculo feito para surdos e ouvintes e acessível para todos os públicos que está em cartaz no Portão Cultural. As sessões são neste sábado (29) e domingo (30) às 17h. Esse é o último final de semana da temporada.

>>> Olhares do francês Pierre Verger pelos cinco continentes estrelam nova mostra do MON

Na peça, uma menina se comunica por libras, enquanto o menino fala português. Mas, por meio de brincadeiras simples, a barreira linguística entre os dois é vencida e a comunicação acontece. Com essa montagem – feita pela companhia de teatro Fluctissonante – há uma integração do público surdo e ouvinte na plateia ao mesmo tempo.

Diferente de outros espetáculos, que separam a experiência das plateias surda e ouvinte, Enquanto a Chuva Cai reúne os dois públicos em um só lugar e busca torná-los uma plateia só.

O espetáculo é encenado por Helena de Jorge Portela e Igor Augustho, com direção de Nautilio Portela e Claudete Pereira Jorge.

A peça estreou em 2016 no Festival de Teatro de Curitiba e no mesmo ano cumpriu temporada no Mini-Auditório do Teatro Guaíra. Em 2018 circulou por sete cidades de Santa Catarina com o Incentivo do Sesc catarinense e, agora, cumpre temporada em Curitiba, com entrada franca, através do incentivo da Fundação Cultural de Curitiba e do Fundo Municipal de Cultura.

Leia também

>>> Peça clássica do teatro infantil celebra uma década no palco

>>> Veterano da Marinha americana abre saloon típico em Curitiba