Eventos

Fernanda Young e Carpinejar discutem como contar histórias na segunda rodada do Conversarte

Por: Sandro Moser
Fernanda Young e Carpinejar discutem como contar histórias na segunda rodada do Conversarte

“Gosto de falar do amor, do tempo e da morte. Três assuntos que todos vivemos e, de certa forma, nos iguala”, disse a escritora Fernanda Young. A autora é uma das convidadas para a segunda edição do Conversarte em companhia do escritor Fabricio Carpinejar para conversar sobre literatura na terça, 2 de julho, no Pátio Batel às 20h.

Fernanda Young publicou 14 livros, entre romances e contos, foi roteirista das séries globais “Os Normais”, “Minha Nada Mole Vida” e “Confissões de Adolescente” e também atuou em minisséries e apresentadora de programas televisivos, como o Saia Justa, em 2002, no canal GNT.

Fabricio Carpinejar é escritor e publicou livros de poemas, crônicas e reportagens. Seu mais recente título publicado é “Cuide dos seus pais antes que seja tarde” (Ed. Bertrand Brasil, 2018) e acumula 20 prêmios literários. É também comentarista no programa Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, e tuiteiro contumaz. 

Fabrício Carpinejar participa da segunda edição do Conversarte junto de Fernanda Young. Foto: Divulgação

Com mediação do publicitário e escritor Guilherme Krauss, o bate-papo de Fernanda e Carpinejar deve tocar em temas como mercado editorial, festivais literários e o modo como o brasileiro consome a literatura. A ideia é que, com a participação do público, a conversa crie conexões entre a literatura e as histórias em quadrinhos, ilustração, fotografia, cinema, teatro e música. 

Para Fernanda Young, a literatura nunca foi tão importante na vida dos brasileiros. “A cultura é a maneira mais contundente de fazer a vida possível. O Brasil está num nível de absurdo que é sufocante, e literatura é praticamente um luxo”.

Sobre a inevitável digitalização dos livros, Fernanda diz que apoia, mas não mudou seus velhos hábitos. “Eu só leio livros impressos. Sou uma romântica inveterada. Mas gosto desse novo mercado virtual. Viabiliza a publicação de mais títulos”.

Tanto Fernanda como Carpinejar são dois autores que construíram personas públicas na televisão alcançando uma notoriedade incomum entre escritores. Fernanda diz que a fama é “um paradoxo", pois ela prefere ficar recolhida.

“Para mim, tornar-me uma pessoa popular, pelos trabalhos que faço na televisão, nunca foi algo relativamente fácil. Mas sou grata as oportunidades, visto que não é muito comum se viver de literatura no Brasil. Creio-me uma escritora, os outros formatos com os quais trabalho servem-me como veículos para contar histórias". 

Exposição paralela

A cada mês, uma nova exposição é instalada na Galeria InterARTividade, também no Pátio Batel. Para julho, a galeria recebe uma exposição do chargista, designer e ilustrador Simon Taylor. O artista tem um vasto currículo, tendo participado de edições do Salão de Humor e recebido o Prêmio Sangue Bom de Jornalismo Paranaense em 2013. No mesmo ano, lançou seu primeiro livro “Meus Cases de Sucesso” em edição independente.

Outros encontros 

O Conversarte promove diálogos mediados sobre arte, empreendedorismo e conexões criativas e é realizado às primeiras terças-feiras do mês até outubro. No primeiro evento, em junho, o músico André Abujamra e cineasta Andrucha Waddington foram os convidados. 

Os encontros do Conversarte seguem em agosto, os convidados são o jornalista e produtor Nelson Motta e o cenógrafo e artista visual Gringo Cardia. Em setembro, o ator e diretor Miguel Fallabella se encontra com o diretor teatral Eduardo Moreira e o ciclo fecha com o encontro dos estilistas Fause Haten e Alexandre Herchcovitch.

O evento é produzido pela Montenegro Produções e tem o apoio da Gazeta do Povo. Antes das rodas do Conversarte, à tarde, os convidados participam de um encontro com artistas curitibanos e assinantes do Clube da Gazeta do Povo na sede do jornal. 

Ingressos à venda

O passaporte individual com direito à entrada nos cinco debates (um por mês) custa R$ 156. A entrada unitária sai por R$ 56 (inteira). Assinantes do Clube da Gazeta do Povo têm desconto de 50 % na compra dos ingressos.

A venda dos ingressos será doada para o Hospital Erasto Gaertner, que também recebe oficinas artísticas que envolvem pacientes e colaboradores do hospital.

LEIA TAMBÉM

>>> Tradicional festa do frango, do vinho e da polenta esquenta o inverno

>>> Conheça o restaurante paradisíaco na baía de Guaratuba

>>> Cafeterias que funcionam junto de igrejas em Curitiba