Eventos

Você pode treinar arco e flecha, armas de corte, arte marcial e acrobacia num só lugar

Por: Bruna Covacci
Você pode treinar arco e flecha, armas de corte, arte marcial e acrobacia num só lugar

Um treino completo, capaz de nos fazer olhar para dentro, trabalhar resistência, foco, condicionamento físico e reduzir o estresse e a ansiedade. É um montão de coisas! E todas elas podem ser encontradas no Pa-Kua. Quem escolhe a escola pode optar entre praticar uma das nove modalidades, duas delas, três… Ou todas! São elas: arte marcial, arco e flecha, armas de corte, acrobacia, yoga chinês, tai chi, energia (estudo da medicina chinesa), reflexologia (automassagem para melhoria do corpo) e ritmo (arte marcial e defesa pessoal com música).

Não há competição. Os alunos são incentivados, diariamente, a fazer o seu melhor – e desafiar-se cada vez mais; seja na hora de acertar o alvo, dar golpes mais fortes e altos ou tornar-se uma pessoa mais calma, focada e menos ansiosa. Quem é do Clube Gazeta do Povo tem 20% de desconto em todas as sete unidades de Pa-Kua em Curitiba, na prática de 2 x por semana.

E O DIA A DIA?

 

Nós fomos conhecer um pouquinho da prática e trabalhamos com quatro modalidades: arte marcial, armas de corte, arqueria e acrobacia. Foi um treino excepcional, porque cada um dos tipos de treino é feito individualmente, com duração de uma hora. Mas a gente fez uma espécie de experiência express para entender como tudo funciona em uma aula só!

No início da aula, como aquecimento, corremos por doze minutos, fizemos flexões, abdominais e dorsais. Logo em seguida, uma série de alongamentos preparou melhor o corpo para tudo o que estava por vir.

ARTE MARCIAL

Aprendemos novos golpes de perna (chutes) e, depois, usando um ao outro como referência, simulamos sem contato golpes dependendo da altura do oponente. Apendemos a sair da frente de um golpe (como um soco!), haja coordenação! Por fim, no último exercício de arte marcial, trabalhamos um pouco de defesa pessoal, contra um agarre no pescoço.

Como um todo, a modalidade trabalha diferentes aspectos, preparando os alunos para casos de violência e trabalhando a consciência corporal. Os benefícios do treino também são desenvolver a autoestima, autoconfiança, fortalecimento corporal e autocontrole.

ARMAS DE CORTE

Com armas de corte aprendemos como dar golpes com espadas usando um sabre de madeira. Fizemos em três direções diferentes e aprendemos suas defesas correspondentes. Com  tempo, o aluno regulas aprende novas direções e também a diferença de trabalhar com outras armas – tem até lança!!!!

Na modalidade é importante pensar na precisão do movimento. Uma espada não corta com a força, mas sim com técnica e os ângulos perfeitos. Isso quer dizer que, nesse treino, as diferenças de força e tamanho não são absolutos. Todo mundo pode finalizar o outro (yassss!). A disciplina trabalha a determinação, melhora a postura, o foco e a concentração e é um incentivador à coragem.

ARQUERIA

Na parte de arqueria aprendemos uma técnica básica de tiro com o arco. A prática da escola é milenar, inspirada em técnicas tradicionais chinesas. Acertar o alvo não é tão fácil quanto a gente imagina. A prática não tem mira, com o tiro instintivo, detalhes como a posição do nosso corpo e a altura das mãos (até mesmo aonde pegamos o arco) são decisivos no resultado final. O sentimento é de superação a cada tiro!

 A prática regular traz benefícios como deixar os alunos mais concentrados e focados, deixando de lado a ansiedade. Alunos mais avançados vão aprender a atirar correndo, saltando e até contra alvos em movimento!

ACROBACIA

De todas as partes das aulas, talvez essa tenha sido a que mais pensamos que não conseguiríamos fazer algo (mas conseguimos, já deixo avisado!). Na prática regular são ensinadas técnicas de dinâmica – como estrelas, verticais – também chamadas de parada de mão, rolinhos – popularmente chamados de cambalhotas – e outros movimentos acrobáticos. Tem até mortal!

Depois, trabalhamos também com posturas em dupla. Sabe aquelas coisas bonitonas que a gente vê no Instagram? É isso mesmo! Fizemos o que eles chamam de vertical com o parceiro (uma parada de mão usando o nosso colega como apoio!) e o aviãozinho. Exige muita força e controle, mas com certeza traz muita diversão. A prática incentiva a expressão corporal e trabalha o tônus musculas.

O QUE NÓS ACHAMOS?

Da minha parte, achei uma escola completa em que dá para trabalhar uma infinidade de coisas, com estímulos mentais, corporais e que exige muita força!

 Já segundo o Patrick, foi necessária muita concentração e disponibilidade corporal. “Não parece que o tempo passa, mas a gente sente os músculos pegando na hora mesmo”. Segundo ele, as diferentes modalidades e objetivos tornam a prática dinâmica, sem ser monótona e repetitiva. “E o mais legal é que você aprende a se exercitar e se defender ao mesmo tempo”.

Conheça as escolas da cidade: