Shows

Neto de Chico Buarque e filho de Carlinhos Brown, músico Chico Brown faz primeiro show em Curitiba

Por: Sandro Moser
Neto de Chico Buarque e filho de Carlinhos Brown, músico Chico Brown faz primeiro show em Curitiba

Herdeiro de duas estirpes de peso da música popular brasileira, o músico Chico Brown faz seu primeiro grande show “fora de casa” no dia 21 de janeiro, no Teatro da Reitoria, na Oficina de Música de Curitiba.

Neto de Chico Buarque e filho de Carlinhos Brown, o compositor vem com a banda completa mostrar boa parte do material de seu primeiro álbum que será gravado neste primeiro trimestre de 2019.

Leia Também

>>> Programação da Oficina de Música 2019

O show é quase um “batismo de fogo” para o músico multi-instrumentista e sua banda. “É o primeiro show que faço com banda fora do Rio de Janeiro. Já fiz alguns sozinho, mas com a banda completa ainda não. É bom, eu fico mais livre para improvisar e misturar as minhas influências. Um festival que mistura música erudita e popular me parece o espaço perfeito”, disse.

Segundo Chico Brown o repertório mistura “o trabalho autoral que é de musica popular brasileira com as influências da música do mundo: jazz, rock e música clássica, latina e oriental. Guitarrada baiana com jazz fusion!”. 

O show também terá versões “não ortodoxas” de algumas peças de seus ascendentes. “Temos uma versão jazz de Jorge Maravilha, uma de Homenagem ao Malandro (ambas de Chico Buarque) e Carlito Marrom (de Carlinhos Brown) e outras surpresas”, disse.

Aos 21 anos, Chico Brown mostra maturidade para lidar com a expectativa e cobrança que seus sobrenomes lhe impõem.  “O que acontece muito é eu ser subestimado ou superestimado pelas pessoas que não conhecem meu trabalho. Eu entendo que isto [ser filho neto de artistas consagrados] chame a atenção das pessoas, não podia ser diferente”, disse.

“A medida que a gente vai crescendo você consegue separar melhor as coisas. Para mim o mais importante é aprender com os bons exemplo que eles me deram”.

Para Chico Brown, a “música abre espaço pra você compartilhar experiências que você não conseguiria sem ela. É um ritual e uma força transformadora da vida das pessoas”.

Chico Buarque curte prog rock

Por ter nascido em família musical, Chico Brown despertou para a música muito cedo aos 5 anos, sozinho no piano da casa de sua avó. Foi no piano que nasceu a melodia da valsa Massarandupió (nome da praia onde a família veraneava na Bahia) que recebeu letra de Chico Buarque e foi gravada pelo avô em seu disco mais recente.

Na adolescência começou a tocar guitarra violão clássico a sério, um interesse que surgiu – a exemplo de muita gente – ouvindo heavy metal. “Apendi as escalas e passei a me dedicar a guitarra ouvindo metal”, reconhece.

Mais tarde, a paixão migrou para o rock progressivo, uma influência que ele conseguiu compartilhar com o avô. “Ele gosta do Focus, curte o King Crimson, a gente até já tocou alguma coisa com as coisas com a banda”.