Shows

Anavitória promete show com muito amor em Curitiba

Por: Laura Beal Bordin
Anavitória promete show com muito amor em Curitiba

Ana veste branco, Vitória veste preto. Além dos vestidos esvoaçantes, a dupla (que não gosta de ser chamada de dupla) toca tambores e encanta quem as assiste com vozes doces. Essa é a receita de sucesso do duo (como elas se definem) Anavitória, formado por Ana Clara Caetano Costa e Vitória Falcão, que desde 2015 vêm tomando as paradas de sucesso do Brasil.

>>> Os indicados ao Globo de Ouro que você pode ver nos cinemas de Curitiba

As duas fazem show no Teatro Positivo em Curitiba no dia 14 de dezembro e os ingressos estão quase esgotados. O segredo, segundo Ana Clara — que falou ao Guia Gazeta do Povo — é a naturalidade com que as suas se apresentam. “No primeiro show nos vestimos organicamente de preto e branco e conseguimos a cara que a gente queria. A gente anda descalça para tudo ficar mais leve”, conta. Além de uma apresentação doce, Ana promete muito amor pelos fãs. “Vamos fazer um show cheio de amor, vamos nos amar muito”, diz.

A carreira de Anavitória explodiu em 2015, depois que Vitória — que é muito fã do cantor Tiago Iorc — foi até um show do cantor e conseguiu entregar um vídeo em que as duas cantam juntas para o empresário de Iorc, Felipe Simas. Dias depois, Simas entrou em contato com as duas, convidando-as para gravar.

Desde então, a explosão foi meteórica. Dois anos depois, o duo foi premiado com um Grammy Latino junto com Iorc — que um dia era apenas um ídolo das duas. O prêmio foi concedido à canção Trevo (Tu), que, segundo Ana, é uma canção especial para elas. “Foi a coisa mais linda, uma alegria enorme, uma coisa que na gente nem vislumbrava porque ela impossível acreditar. Até porque essa é uma canção é muito especial para a gente”, afirma.

O filme

Além do prêmio, as meninas ainda estrelaram o filme "Ana e Vitória", que conta a história das duas com pitadas de ficção. “A nossa história chamou a atenção por ser muito peculiar. Mas a gente chama a história de auto-ficção. Tem partes que são reais, tem partes que não são”, conta Ana, que compôs todas as canções que foram base para o roteiro.

A escolha pela música

A carreira da música surgiu tão de repente que Ana e Vitória tiveram que largar as carreiras que começaram a trilhar antes de estourar. Enquanto Vitória estudava direito, Ana era estudante de medicina. De acordo com ela, a decisão de deixar as aulas de anatomia não foi tão simples assim. “Não foi fácil, porque eu lutei muito para chegar lá. Mas foi depois que nós começamos a cantar juntas eu vi que meu lugar era no palco”, afirma.

O show

As cantoras, que já estiveram quatro vezes em Curitiba só em 2018, prometem dar espaço para as canções do novo disco “O tempo é agora” sem deixar de dar espaço para o velho, que tem os maiores sucesso da dupla como “Agora eu quero ir”, “Singular” e “Trevo (Tu)”, vencedora do Grammy com Tiago Iorc. “Nós amamos Curitiba, é uma cidade muito linda. A gente acha que o público aqui é quietinho, mas não tem nada disso. Vai ser uma festa incrível. Sempre muito legal estar aí”, completa.

LEIA TAMBÉM 

>>> Garçom haitiano vira DJ em nova balada de Curitiba e agita noite com set de hip-hop

>>> Novo parque em Pinhais tem mega vista da Serra do Mar