Shows

Pioneiro do hip-hop, Afrika Bambaataa toca em Curitiba no fim de semana

Por: Sandro Moser
Pioneiro do hip-hop, Afrika Bambaataa toca em Curitiba no fim de semana

Quem fizer uma árvore genealógica da música pop mundial precisa colocar o nome do DJAfrika Bambaataa no topo do ramo de toda a cultura hip-hop. Qualquer das vertentes do rap, eletrofunk, free style, miami bass, trance, tecnho e, certamente, o funk carioca (só para começo de conversa), devem tributo ao pioneirismo do produtor nova-iorquino. Aos 61 anos, Afrika Bambaataa vai comandar a gig na noite deste domingo (25), no Paradis Club, em sua segunda visita a Curitiba.

>>> Santos Andrade terá vila de Natal com roda-gigante e casa do Papai Noel

Apesar do convidado ilustre, a festa do Paradis segue seus padrões normais de preços e métodos: os ingressos custam R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada) e não há venda antecipada. Será preciso, portanto, estar esperto com os horários, respeitar a fila e o limite de capacidade da casa (290 pessoas).

Pilares do Hip- Hop
A influência do pioneirismo do DJ é profunda, música e culturalmente falando. Em meados dos anos 1970, gangues se transformaram em um movimento cultural que atraiu os afro-americanos, os descendentes de caribenhos e os latino-americanos, em especial no bairro do Bronx.

Bambaataa esteve sempre à frente deste processo como fundador da Zulu Nation uma organização que buscava através da cultura e arte amenizar a violência nos guetos. Foi nesta época que ele definiu os pilares da cultura hip-hop: o MC, o DJ, os B-Boys (dançarinos) e o grafite.

Musicalmente, Babaataa teve o mérito de misturar o funk de James Brown à música futurista do Kraftwerk e de outras vanguaradas asiáticas e europeias e criar a batida que dividiu as águas hip-hop e influenciou a música eletrônica.

Faixas como Planet Rock (veja o clipe abaixo) e Looking for the Perfect Beat abriram o caminho para o que viria depois e o resto é história.

A noite vai valer como uma pós-graduação em hip-hop raiz. Além de Bombaataa, o MC da noite vai ser o Prince Whipper Whip, outro pioneiro nessa arte. Prince já foi parceiro de Ice-T, De La Soul, Brother Ali e outros e fez parte do grupo Grandwizard Theodore & the Fantastic Five que foi o inventor de duas técnicas de discotecagem: 'scratch' e 'needle drop'.

Antes, para esquentar o público, os sets ficam a cargo d DJ  Don Jay (Miami|Brasil), DJ Sevym ( Boombox) e Isa Todt ( Paradis Club). A música rola a partir das 19h.