O filme Sonic, o mascote mais famoso da Sony, estreia nesta quinta-feira (13) e foi pensado para a família toda. Além do entretenimento, é completamente nostálgico para quem curtiu os jogos de videogame dos anos 1980 e 1990. E quem espera assistir peripécias do ouriço azul e da sua velocidade, não vai se decepcionar.

Mas a trama vai muito além e mostra uma relação de amizade entre Sonic e Tom Wachowski, o delegado da cidade onde moram; com direito a várias reflexões sobre o sentido da vida (profundo, não?), o valor da amizade e lutar por quem e o que acreditamos.

Leia também: 

>>> Sanduíche de cookie? Saiba onde comer com desconto do Clube

>>> CarnaVale: Ópera de Arame tem música, bloquinhos e baile de máscaras no Carnaval

>>> Conheça o cachorro-quente invertido que é vendido em Curitiba

Outro destaque é a interpretação do Jim Carrey, na pele do vilão Dr. Robotnik. Sonic e Tom unem forças para tentar impedir que o vilão use os poderes do próprio mascote para dominar a humanidade.

As características de Sonic fazem o público gargalhar e vibrar. A escolha da trilha sonora também merece destaque; logo no começo da exibição, ao som de “Don’t Stop Me Now”, Sonic pega uma tartaruga nas mãos e a leva para uma caminhada rápida.  “Agora você sabe como é viver a vida”, diz. O ouriço tem a vida que todos nós queremos, mas principalmente quando se dá conta do principal: estar ao lado das pessoas que ama.