O passeio por uma das ruas mais importantes da história de Curitiba acaba de ficar mais interessante. Isso porque, a Rua XV de Novembro - a chamada Rua das Flores - está recebendo uma série de painéis que ajudam quem estiver passando por ali a entender melhor a história da rua e saber exatamente o que pode fazer em seus arredores. Tudo ocorre automaticamente e não é preciso baixar nenhum aplicativo.

>>> Inspirado no berço dos Beatles, bar abre em Curitiba com novo palco para o rock

Para incrementar a visita à XV, 13 placas de QR Code e cinco beacons - que transmitem para smartphones, via Bluetooth, informações sobre serviços e comércio existentes no local - foram instalados. Ao abrir os QR Codes, o visitante poderá conhecer mais sobre as histórias da rua e seus prédios históricos. A ideia é promover uma “conversa” da via com as pessoas em sete quadras da rua XV, que vão da rua Presidente Farias até o início da Praça Osório. O procedimento de leitura é simples: basta direcionar a câmera do smartphone para o código de leitura do QR Code e, a partir daí, o usuário acessará pelo celular o conteúdo digita.

A tecnologia interativa na Rua XV de Novembro começou na semana passada como resultado de uma parceria entre a Prefeitura da cidade, a Associação Comercial do Paraná (ACP) e a startup curitibana MCities.

Essa é a segunda rua de Curitiba a receber esta tecnologia. A rua Prudente de Morais, no centro da cidade, também dispõe das placas de QR Code e dos beacons. A tecnologia foi instalada em outubro de 2018.

LEIA TAMBÉM 

>>> 4 lugares para ouvir música indie em Curitiba

>>> O U2 de Curitiba: conheça o grupo que recria o show da banda irlandesa