Imagine a cena: você está caminhando pelo centro de Curitiba e encontra uma pequena aglomeração: todos unidos, mas cada um olhando para a tela do próprio celular. Pode ser que você esteja observando o curso de uma reide - nome das novas batalhas travadas nos ginásios de Pokemón GO espalhados pela cidade e cada vez mais comuns por aqui. Com as mudanças recentes no game da produtora Niantic, antigos jogadores estão retornando e novos caçadores de Pokemón estão surgindo. Por isso, fizemos um roteiro com os principais ginásios no centro de Curitiba para que você possa aumentar sua coleção de monstrinhos.

Pokémons próximos ao Passeio Público
O parque é um ótimo local para os jogadores pegarem Pokemóns de todos os tipos, mas principalmente os de água, devido ao lago. Todos os dias muitas das poképaradas (locais para coletar itens) do parque recebem “módulos atrair”, o que facilita a captura dos bichinhos. O parque também conta com tomadas para quem precisa carregar o celular.

Nas imediações, vários ginásios para batalhar: na praça em frente ao Círculo Militar há o ginásio do Complexo Viário Mariano Torres. Seguindo pela Rua Tibagi, na esquina da Rua XV, há dois ginásios: o da arte de rua “Jack Bobão”, em frente ao Guairinha, e o da placa do centro de estudos. Ainda nas imediações do parque há os ginásios do pátio da Reitoria da UFPR, do Shopping Mueller, do Memorial Árabe e da praça Santos Andrade.

Boca Maldita
A região da Rua XV também é ótima para quem quer capturar monstrinhos e participar de batalhas. O Bondinho da Rua XV é um ginásio e a praça Zacarias, a poucos passos, é outro. O chafariz da Rua XV, por sua vez, é ótimo para pegar itens, com várias poképaradas a poucos metros uma da outra.

Outros pontos turísticos centrais que também são ginásios Pokémon GO

  • Praça Baden Powel

  • Praça Oswaldo Cruz

  • Praça do Expedicionário

  • Praça Santos Andrade

  • Prédio histórico da UFPR

  • Clube Concórdia

  • Prefeitura de Curitiba

  • Faculdades Opet Sede Centro

>>> Parques de Curitiba têm museus e memoriais para todos os gostos

Nova dinâmica de jogo
Desde julho uma atualização de Pokemón GO permite que os jogadores adicionem amigos. A aguardada mudança permite enviar e receber presentes (itens do jogo como poeira estelar e pokébolas) e trocar Pokémons. Desde o lançamento, em agosto de 2016, o app já adicionou três gerações de monstrinhos ao jogo (Kanto, Johto e Hoenn) e ficou mais complexo. Exemplo disso são as reides, batalhas em que vários treinadores Pokémon se unem para derrotar um Pokemón forte nos ginásios: o grupo que vence ganha o direito de capturar o Pokemón para si.

LEIA TAMBÉM:

>>> 11 lugares em Curitiba para conhecer no inverno