Uma festa com shows das bandas Gringos Washboard Band e da Jelly Roll Jazz & Blues Band marcada para esta sexta (27), no Basement Cultural, vai servir de esquenta para a 5ª edição do Ilha do Mel Jazz Festival. Além de ser uma prévia do festival, a festa vai servir para arrecadar recursos para a realização do evento.

Leia Também

>>> Como será o show de Chico Buarque em Curitiba 

O festival, que chegou a correr risco de não acontecer neste ano de 2018, está confirmado e vai movimentar todos os fins de semana do mês de agosto no Ilha do Mel.

Os nomes dos artistas que vão participar desta edição do festival ainda não estão escalados em razão da demora em definir o patrocínio da edição deste ano-  que será da Copel. Antes, a organização tentou conseguir um financiamento coletivo, que acabou não atingindo nem 10% dos valores necessários. “Conseguimos fechar o patrocínio de última hora. Caso contrário, o festival estava ameaçado”, afirma Eduardo Simões, um dos organizadores.

Agora, com o apoio da empresa estatal de energia, o festival vai manter a tradição de encher a Ilha de jazz nos sábados e domingos de agosto. “É um mês de baixa temporada na ilha, mas nos últimos quatro anos nós conseguimos inverter esta situação e esse passou a ser um dos maiores eventos da ilha”, diz.

Os nomes das bandas e artistas que vão tocar na edição 2018 devem começar a ser anunciados nesta semana.