A dupla Fernando e Sorocaba teve a tarefa de animar a torcida curitibana na tarde desse domingo, depois da morna estreia da seleção brasileira nesta Copa do Mundo. Depois do empate de 1x1 contra a Suíça, os dois subiram ao palco montado na Arena da Baixada para tocar alguns dos seus sucessos. "Que honra tocar em Curitiba de novo, unir essas duas paixões nacionais, o futebol e a música. Se Deus quiser o Brasil vai engrenar agora", disse Sorocaba entre uma música e outra.

Fernando e Sorocaba foram a primeira atração da Arena nº 1, evento que tem telão, food trucks e bares para os torcedores.  Cerca de 10,3 mil pessoas estiveram por lá na tarde deste domingo. A maioria, paramentada com roupas e acessórios verde-amarelos, ansiosa pela vinda do hexa. A animação pelo resultado positivo nesta partida contra a Suíça, porém, começou a se dissipar entre os torcedores depois do gol de empate do oponente brasileiro.

Mas é claro que o empate não apagou toda expectativa dos torcedores. As amigas estudantes Giovana Moura, Bruna Mandelli e Gabriela Negri garantem que voltam à Arena para o próximo jogo. “Mesmo de manhã estaremos aqui, torcendo pela hexa”, disseram. Na próxima sexta-feira, 22, a seleção enfrenta a Costa Rica – e quem anima a torcida curitibana é o Natiruts.

Antes do início da partida (e do show), o Guia Gazeta do Povo + Clube esteve no estádio para ver como estava o clima entre os torcedores:

>>> ESPECIAL Copa 2018: notícias, tabela, agenda de jogos e serviço de TV

>>> TABELA DA COPA: confira  os jogos e grupos do Mundial

>>> Veja em que bares assistir jogos da Copa do Mundo em Curitiba

Próximos jogos

No dia 22 de junho, dia de jogo do Brasil contra a Costa Rica, o show será da banda de reggae Natiruts. Já na partida seguinte, contra a seleção da Sérvia, que fecha a primeira fase da Copa no dia 27 de junho, a atração é a cantora IZA.

Como participar

As exibições dos jogos do Brasil na Copa na Arena da Baixada são gratuitas – os portões estarão liberados. Porém, de acordo com a lotação, eles podem ser fechados pela organização. Além disso, menores de 14 anos deve estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. A capacidade do espaço é para cerca de 15 mil pessoas.

Segundo a organização, só camisetas da seleção brasileira serão permitidas. Pessoas com camisas de time e torcida organizada são barradas. Também não é permitida a entrada com guarda-chuvas, vuvuzelas e apitos. No local, não há estacionamento nem chapelaria. Em todos os eventos, há food trucks, banheiros químicos e locais exclusivos para cadeirantes.

A Arena nº 1 vai acontecer simultaneamente em outras arenas montadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, e Florianópolis.