A partir da próxima quinta-feira (1º) Curitiba será palco da quinta edição do Festival Internacional de Corais de Curitiba - o Cantoritiba. O festival acontece em vários pontos da cidade até o dia 4 de novembro.

Ao todo, cerca de 60 grupos de canto coral brasileiros e internacionais de países como Uruguai, Argentina, Portugal e Estados Unidos devem se apresentar em mostras competitivas e não competitivas. Ao todo, 1,5 mil pessoas devem se apresentar no festival. A mostra competitiva conta com a presença do maestro americano Keith Mccutchen, que será um dos jurados convidados a participar do festival. Mccutchen também será o regente da apresentação de abertura do festival, no Teatro Positivo.

A ideia é difundir o estilo musical dos corais e incentivar a profissionalização de grupos e formação de plateia. De acordo com José Roberto Krasucki, diretor de marketing do Festival, a cidade vai receber um grande número de estilos de grupos durante o feriado. “O público pode esperar muita emoção. As apresentações são à capela, não usam nenhum recurso de banda. A carga emocional é muito grande”, explicou. Vários estilos serão apresentados durante os dias do festival - desde os eruditos, até o mais modernos, do estilo “Glee”. “Com certeza, vai agradar todos os públicos”, disse Krasucki.

Algumas apresentações são gratuitas e em locais de fácil acesso como a Regional Matriz, na Praça Rui Barbosa, nas Ruínas do bairro São Francisco e no Memorial de Curitiba. Outras, como a abertura oficial do Festival, acontecem no Teatro Positivo Pequeno e Grande Auditório. Os ingressos custam R$ 15 a inteira e R$ 7,50 a meia-entrada mais taxas. A programação completa está no site do Cantoritiba.