A exposição Subli_me, na galeria Airez, fica em cartaz até o dia 31 de janeiro e é a ultima chance de conferir uma mostra da The Wrong – New Digital Art Biennale. Considerada a maior e mais diversificada bienal internacional de arte e cultura digital, o evento apresenta jovens talentos da cena de cultura digital de todo o mundo.

Nesta terça-feira (30) o evento promove uma finissage, a partir das 18h, será o último dia para conferir as obras dos jovens talentos da cena de cultura digital de todo o mundo. O evento é gratuito, mas é necessário realizar o cadastro.

Fundada pelo empreendedor cultural, escritor e artista maker espanhol David Quiles Guilló, desde 2013 a The Wrong tem o objetivo de criar, e fomentar o pensamento inovador artístico.

Para Flávio Carvalho, curador da exposição na cidade o evento evoca a transformação na cidade em vários aspectos. “Existe uma lacuna que a exposição Subli_me se propõe a preencher. Ela reúne trabalhos locais, nacionais e internacionais, fomentando a fusão entre o universo artístico, maker e tecnológico para uma reflexão e tomada de ação na cultura digital contemporânea”, propõe.

Jogos e deep web

Entre os destaques da mostra, está o jogo do canadense Connor Sherlock apresenta a desconstrução da música “Like an Inca”, de Neil Young, e a reconstrói em forma de jogo com temática cyberpunk.

A artista croata Dina Karadžić vai disponibilizar virtualmente o seu computador com todo o seu material na nuvem, numa página HTML sem design onde o usuário vai navegar em cada pasta, acessando seus pensamentos e trabalhos artísticos em 2D e outras coisas que ela vai alimentar pela Deep Web.

Leia Também

Robôs de plático na estratosfera