Com mais de 400 espetáculos em 90 espaços espalhados por toda a cidade, O Festival de Curitiba começa nesta terça-feira (27) a sua 27ª edição.

>>> Confira a programação oficial do Festival de Curitiba

Maior evento de artes cênicas do país, o festival abre com a apresentação de um espetáculo Gira, do Grupo Corpo, tradicional companhia de dança mineiro, no Teatro Guaíra em evento só para convidados e segue com programação extensa durante 12 dias com espetáculos e atividades para todos os gostos, expectativas, idades e bolsos.

>>> Dez peças imperdíveis no Festival de Curitiba

Segundo o diretor do festival, Leandro Knopfholz, a proposta do evento é ser um “festival de criatividade”.  “Nosso convite é para que as pessoas ocupem e aproveitem Curitiba toda, se encontrem, saiam de casa, vão para a rua e encontrem a atração que combine melhor com cada um”.

>>> Três contos clássicos para assistir no Festival de Curitiba

Mostra tem 28 espetáculos
O festival é dividido em frentes: a Mostra é uma seleção de peças que traça um “retrato das artes cênicas contemporâneas” no Brasil e no mundo em 28 espetáculos. Também conta com o Interlocuções, que possui oficinas, debates, exibição de filmes e lançamentos de livros.

>>> Shows para curtir durante o Festival de Curitiba

Tem como curadores os artistas Guilherme Weber e Marcio Abreu que trazem alguns dos espetáculos mais importantes do pais como Grande Sertão: Veredas, de Bia Lessa (já esgotada) e outras sete estreias nacionais e internacionais.

Teatros, praças, ruas e até uma Kombi e uma garagem se transformam em ribalta para artistas conhecidos do público, como Denise Stoklos, Denise Fraga, Tuca Andrada, Ricardo Tozzi e Luisa Arraes, Mel Lisboa, Reynaldo Gianecchini, Caio Blat, Renata Sorrah, Malvino Salvador.

Também há a pré-estreia de “Doze Flores Amarelas, a ópera rock dos Titãs”, de Branco Mello, Sérgio Brito e Tony Bellotto. A mostra Fringe reúne 372 atrações, em 1500 apresentações entre experiências e grandes acontecimentos do teatro contemporâneo.

Comida, crianças e risadas
Há ainda o Risorama que, sob curadoria do humorista Diogo Portugal, reúne os melhores performers de stand up comedy do país. Tem também o Curitiba que escala espetáculos infantis e o Mish Mash. Com foco em programação familiar, é um espetáculo que oferece atrações variadas como mágica, malabarismo e comédia.

Outro destaque é o Gastronomix, evento gastronômico que oferece um variado cardápio criado por grandes chefs brasileiros a preços acessíveis, em um clima descontraído no Museu Oscar Niemeyer no último final de semana do Festival.

Como comprar ingressos para o Festival de Curitiba
Os ingressos para o Festival de Curitiba podem ser comprados em duas bilheterias físicas ou pelo site ou aplicativo desenvolvido pelo próprio festival.

Os espetáculos da mostra principal custam R$ 70 (entrada inteira). Já as apresentações do Fringe, a mostra paralela, saem por R$ 60 (entrada inteira), mais a taxa administrativa. 

A venda dos ingressos pode ser pelo site do Festival de Curitiba. Basta navegar pelas atrações e escolher a peça  e selecionar "comprar ingresso". No site do festival também é possível baixar um aplicativo para a compra de ingressos.

As bilheterias oficiais do evento estão instaladas no ParkShopping Barigüi (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600, Ecoville) das 11h às 23h; no sábado, das 10h às 22h e, aos domingos, das 14h às 20h; e no Shopping Mueller (Avenida Cândido de Abreu, 127, Centro Cívico) de segunda a sábado, das 10h às 22h, domingos e feriados das 14h às 20h.