Segundo Paucar é um menino de 14 anos que quer se tornar o melhor montador de caixas de brinquedo, como seu pai Noé, para manter o legado da família. À caminho de uma celebração da comunidades nos Andes, Segundo acidentalmente observa seu pai em uma situação que abala seu mundo inteiro. Preso em um ambiente exageradamente patriota, Segundo tenta lidar em silêncio lidar com tudo que está acontecendo com ele.