Na década de 1960, o jovem Erasmo Carlos (Chay Suede) persegue o sonho de viver da música com pequenos trabalhos e alguma sorte. É ela que o leva a conhecer o produtor de televisão Carlos Imperial, que o apresenta a Roberto Carlos (Gabriel Leone). Logo, os dois, junto com Wanderléa (Malu Rodrigues), ficam famosos com o programa Jovem Guarda.