No dia 31 de março, acontece no Festival de Curitiba 2019 o espetáculo PI – Panâmica Insana, com Cláudia Abreu, Leandra Leal, Luiz Henrique Nogueira e Rodrigo Pandolfo. A história traça um painel irônico do mundo contemporâneo discutindo temas como indivíduo, civilização, sexualidade, política, violência, nação, miséria, riqueza, gênero e desejo.

Confira a programação do dia 31

Mostra principal

Às 19h no Zé Maria
Isto é um Negro?, com Ivy Souza, Lucas Wickhaus, Mirella Façanha e Raoni Garcia, direção de Tarina Quelho.
Um dispositivo, um estudo negro sobre a negritude, sobre o que é ser negro e negra no Brasil hoje, sobre o que é ser um(a) artista negro(A). Foi estudando Angela Davis, Fred Moten, Achille Mbembe, Bel Hooks, Grada Kilomba, Frantz Fanon, Sueli Carneiro e Aimé Cesaire que elaboramos as questões que tentamos materializar em cada uma das cenas de IEUN. Como transformar teoria em cena? Como discutir negritude e questões raciais a partir da experiência singular de cada um dos interpretes?
Classificação indicativa: 18 anos
Preço: R$ 70 (R$ 35 meia entrada)

Às 19h no Guairão
PI – Panorâmica Insana, com Cláudia Abreu, Leandra Leal, Luiz Henrique Nogueira e Rodrigo Pandolfo, direção de Bia Lessa.
Prêmio APCA de melhor espetáculo de 2018, PI – PANORÂMICA INSANA, da diretora Bia Lessa, traça um painel irônico do mundo contemporâneo. Com Cláudia Abreu, Leandra Leal, Rodrigo Pandolfo e Luiz Henrique Nogueira, a peça discute temas como indivíduo, civilização, sexualidade, política, violência, nação, miséria, riqueza, gênero e desejo. A dramaturgia do espetáculo foi concebida a partir dos ensaios e resultou numa escritura cênica não convencional, que transita entre as artes plásticas, o teatro e a dança.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 70 (R$ 35 meia entrada)

Às 19h no Teatro da Reitoria
Relatos Efêmeros da França Antártica, com Begê Muniz, Conrado Costa, Débora Sttér; Elisa Telles, Gabriel Muglia, Guilherme Leme, Hércules Morais, Lucas Fiorello, Majeca Angelucci, Roberto Borenstin e Vinícius Franzolini, direção de Francisco Carlos.
A peça é sobre a tentativa de criação da França-Antártica, por Nicolas Durand de Villegagnon, entre 1555 e 1560, na baia de Guanabara, empreendimento colonizador francês. Francisco Carlos conecta em seus textos temáticas recorrentes em torno das velhas e novas formas de colonialismo. Metrópoleimpério x colônia-espaços rurais, fricção inter-étnica entre sociedades indígenas e não-indígenas, filosofias da alteridade - história, mitologia, tempo passadopresente-futuro, anarquismos estéticos, fenômenos extremos da modernidade ocidental e de sociedade nômades.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 70 (R$ 35 meia entrada)

Mostras convidadas

Mostra Stavisdamaceno 15 anos
Às 15h na Caixa Cultural
Homem ao Vento, com Rosana Stavis, Bruna Spínola, Bruno Anacleto, Consuelo Schoemberger, Fabiano Timmermann, Heleno Rohn, Lucas Buzato/Thomas Marcondes, Marcelo Guerra e Marrara Mara, direção de Marcos Damaceno.
A mais recente montagem da Stavis-Damaceno coloca o espectador em uma sala de ensaios. No espaço, nove atores tentam entender e dar andamento aos preparativos de uma peça melancolicamente cômica, repleta de confusões e perturbações próprias da mente do homem contemporâneo.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 30 (R$ 15 meia entrada)

Mostra Sátiros
Às 19h no Teatro Paiol
Cabaret Transperipatético, com Daniela Funez, Elliott Ludovic Miba, Fernanda Kawani Custódio, Gabriel Lodi, Léo Perisatto, Luh Maza e Sofia Riccardi, direção de Rodolfo García Vázquez.
Um espetáculo manifesto, um grito de liberdade e de representatividade, para falar sobre afeto, espaço social, opressão, transfobia, empoderamento, angústias e sonhos. Onde xs artistas ora interpretam elxs mesmxs, ora interpretam figuras e personagens que conduzem as esquetes do espetáculo. A trilha sonora da peça é construída basicamente por artistas transexuais.
Classificação indicativa: 18 anos
Preço: R$ 70 (R$ 35 meia entrada)

Mostra Stavisdamaceno 15 anos
Às 19h na Caixa Cultural
Árvores Abatidas, com Rosana Stavis. Violinista: Filipe Pinheiro. Iluminação e Cenografia: Waldo León, direção de Marcos Damaceno, a partir da obra de Thomas Bernhard.
Uma mulher que em um jantar artístico, em homenagem ao famoso ator do Teatro Nacional, percebe que está, na verdade, em uma reunião de talentos medíocres. Arrependida de ter aceitado o convite, e enquanto espera o famoso ator, que nunca chega, ela reflete sobre sua vida e o meio que a cerca, sob a lembrança de uma grande amiga de todos enterrada naquele mesmo dia.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 30 (R$ 15 meia entrada)

Interlocuções

Às 10h na Casa Hoffmann
Conversa com Ciasenhas, com mediação de Eleonora Fabião e CiaSenhas de Teatro: Anne Celli, Ary Giordani, Ciliane Vendruscolo, Cinthia Kunifas, Greice Barros, Luiz Bertazzo, Marcia Moraes, Rafael di Lari e Sueli Araujo.
Esta conversa com a Cia. evocará a trajetória de 20 anos da Companhia. Ela é sobre o trabalho, sobre nós e sobre cada um da Senhas. Sobre memórias de situações, acontecimentos, criações e experiências. Nesta conversa, que conta com você espectador/a, também com seus depoimentos, queremos olhar o tempo de frente. Trata-se de um exercício público de autorreflexão conjunta mediado por Eleonora Fabião.
Classificação indicativa: Livre
Preço: gratuito

Às 14h no Grupo Obragem de Teatro
Treinamento para atores, com Cia dos Bondrés e orientação de Fabianna de Mello e Souza.
A atriz e diretora Fabianna de Mello e Souza propõe um encontro para atores, estudantes de teatro e diretores a partir da experiência da atriz nos processos coletivos do Théâtre Du Solei, onde trabalhou por quase 10 anos. O redimensionamento do papel do ator no processo de criação e na vida de trupe. O estudo da cena e os princípios de transposição que regem as improvisações. Nesta oficina serão introduzidas técnicas de coro e corifeu para criação da cena e construção do personagem. Também haverá a exposição de trechos de vídeos de ensaios do Thèâtre du Soleil dos espetáculos que a atriz participou.
Classificação indicativa: 18 anos
Preço: gratuito

Às 15h no Sesc Paço da Liberdade – Sala de Atos
Palestras documentadas, com Cia. Os Satyros.
Conversas são formas especiais de encontro. Quando com artistas, servem também à ampliação do convívio com suas artes. Por serem Palestras Documentadas, buscam superar as falas sobre espetáculos específicos e aproximar os interesses e inquietações que levam os artistas a criarem. São essas conversas, portanto, encontros únicos, especiais com ideias e visões de mundo. Encontros sobre o como reconhecem o agora, ao tempo em que observam as possibilidades de futuros à arte, cultura, indivíduo, sociedade e a todos nós.
Classificação indicativa: Livre
Preço: gratuito

Fringe

Às 10h na Praça João Cândido - Ruínas
Rato de biblioteca, com Geraldine Marie Gomes, Inecê Gomes, Jacques Beauvoir.
Albert, um excêntrico psicanalista, após ouvir uma instigante notícia de rádio, escreve compulsivamente tentando entender a mente de uma suposta criminosa, mas é interrompido por eventos alheios ao seu desejo!
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido - Ruínas
Quintal, com Adriana Martins.
O menino Joca vive mergulhado em tecnologias, mas um dia uma visita inesperada quebra sua rotina e muda completamente sua forma de ver o mundo.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido - Ruínas
Saudade, com Felipe Zacchi, Larissa Miyashiro, Pedro Cobra.
O espetáculo apresenta um solitário que percebe um grande buraco no peito. Buscando a razão de sua solidão numa carta, o boneco se vê entre ficar e partir, entre a espera do retorno e a busca deste motivo, desta pessoa, deste tempo, momento ou lugar que alimenta e sacia esta falta: sua saudade.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Samba na caixinha, com Sérgio Biff.  
O que seria um dia na casa de Tia Ciata, onde foi criado o primeiro samba gravado o Brasil.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Maria do cais, com Jô Fornari, Aparecida Oliveira da Silva, Jhenifer Lemos Guedes, Juliane de Pinho Tavares, Luana Aparecida de Moraes.  
Partindo da música “Cais do Corpo”, de Paulo Freire, o espetáculo apresenta de forma poética e lírica o mito “Maria do Cais”. Evidencia a mulher do porto, cais dos amantes, dos perdidos. Venerada e temida, torna seu ofício um lugar de poesia, para sua sobrevivência e fascínio dos homens.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Casulo, o espetáculo, com Zé Luiz Reis.  
Ao olhar para o interior do casulo, uma lagarta dançarina se transforma em artista plástica. Inspirada pelo olhar do espectador, a artista pinta uma borboleta. A metamorfose se completa com o encantamento e a inspiração de um anjo violinista.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Bladmir, com Gabriela Cespedes.  
Suspense... sombras… a noite traz o Conde Drácula Bladimir… o medo, às vezes, risadas!
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Fragmentos de Hécuba, com Alyne Rocha.  
Hécuba, rainha de Troia, é agora uma escrava. Neste recorte, sua filha está ameaçada por um sacrifício e seu filho mais novo, que ela acreditava estar protegido, aparece morto na praia, assassinado por um amigo de sua confiança. É um fragmento da dor que une passado e presente.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h na Praça João Cândido-Ruínas
Baús do tesouro, com Adriel Vieira, Antoine Daniel, Maria Eduarda Daniel, Suzi Daiane, Thiago Barba.  
Três piratas atrapalhados estão à procura do Norte, onde deverão aportar em busca do maior de todos os tesouros. Mas antes, mostram suas monstruosas, cavernosas e indeglutíveis histórias a quem tiver coragem de espiar.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h no Praça João Cândido-Ruínas
A lavadeira, com Tábatta Lori.  
Inspirada nas mitologias africanas e indígenas, “A lavadeira” conta a história de um dia mágico quando uma forte tempestade surpreende a vida de uma lavadeira.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h no Praça João Cândido-Ruínas
A galinha que queria voar, com Juliana Morimoto, Mauricio Sterchele
Amélia é uma galinha que acalenta um sonho muito simples: o de voar. Ela passa o dia olhando para os céus, admirando os pássaros, borboletas, pipas e outros personagens inusitados com o dom de voar. Mas Amélia é persistente e fará tudo para realizar o seu sonho.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h no Praça João Cândido-Ruínas
A fiandeira, com Felipe Zacchi, Larissa Miyashiro, direção de Pedro Cobra.
O espetáculo apresenta imagens que evocam a ancestralidade das forças femininas criadoras do universo. A figura da grande Deusa Aranha que fia e tece os destinos da humanidade guia o espectador numa viagem cósmica e íntima para além das fronteiras da vida e da morte, do real e do imaginário.
Classificação indicativa: 10 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 10h no Sala Londrina - Memorial de Curitiba
A princesa gaia, com João Valadares Leonardo Horta, Marina Galeri, Paulinho do Boi, Piera Rodrigues, Raysner de Paula, Thaiane Guimarães, direção de Izabela Oliveira.
Uma peça lúdica e divertida que aponta questões importantes sobre a relação entre o homem e o planeta buscando conscientizar nossos pequenos cidadãos. Conta a história da Terra quando era ainda uma jovem princesa que de tanto insistir ganha a permissão de se casar.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 30

Às 10h30 no Parque Cachoeira – Araucária
O coco que vira cocada, vira roda, com Angel Beatriz, Cintia Travassos, Jennyfer Alves, Luciana Ezarani, Mariana Jacó, direção de As Panambis.
Performance de Cultura Popular que mostra, com literatura de cordel e coco de roda, a riqueza cultural do Nordeste, passando pela música, tradições, dança e a culinária. E o coco seja na culinária, na música ou na dança, traz alegria e muita diversão!
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 10h30 nas Ruínas São Francisco
Cortina cômica, com Cibelle Oliveira, Cibelly Dalmolin, Felipe Baluta, Gislaine Staub, direção de Helio de Aquino.
Os tipos cômicos da Comparsaria Cênica invadem a rua, levando o circoteatro para onde o público está. Eles passam por diferentes situações em pequenas histórias nas quais que o palhaço Borracha sempre causa alguma confusão com outro personagem.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 11h no Teatro Lala Schneider - Sala Odelair Rodrigues
A cigarra e a formiga, com Ana Flavia Correia, Marcyo Luz, Sabrina Andrade, direção de João Luiz Fiani.
Um tema mais do que atual, a procrastinação, que é quando deixamos para depois aquilo que deveríamos fazer hoje. Como lidar com isso? E como ensinar nossos filhos a lidar com o tema? Descubra como fazer nesta peça que conta a fábula da Cigarra que cantava enquanto sua vizinha Formiga trabalhava arduamente.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 11h na Praça João Cândido – Ruínas
Greg e sua gang, com Greg Bassani.
Espetáculo criado a partir do espetáculo Ritmundo (2014), do Grupo Teatral Auto-Peças, para o teatro de rua, com bonecos de manipulação direta, fantoches e fios manipulados por Greg Bassani, que oferece uma brincadeira de músicas e danças.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 11h no SEEC - Auditório Brasílio Itiberê
O Casarão da Rua Malinowa, com Alan João, Ana Garcia, Artur Costa, Carol Francine, Cida Rolin, direção de Jester Furtado.
Três garotas visitam um velho casarão na intenção de alugá-lo, mas são surpreendidas por uma família de fantasmas que mora na casa. Malinowa, a chefe da família, põe em pratica seu plano para transformar as meninas e encontrar uma noiva para seu estranho filho.
Classificação indicativa: 10 anos
Preço: R$ 24

Às 12h na Praça João Cândido-Ruínas
Cotidiano urbano, com Aparecida Oliveira da Silva, Jhenifer Lemos Guedes, Juliane de Pinho Tavares, Luana Aparecida de Moraes, direção de Roberto Silva.
Como você percebe o outro? Como o outro te percebe? O espetáculo é uma reflexão sobre humanidade. Seres humanos, seres objetos, transeuntes...Presentes no coletivo consciente e ausentes no consciente individual. Como esta realidade nos toca? Apenas vivenciando...
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 12h no Portão Cultural - Auditório Antônio Carlos Kraide
Risas y sonrisas: Reprises clownescas, Alan Cesar Soares, Nicole Sourient, Nilo Netto, Thays Teixeira, Tiago Teodoro.
Espetáculo de palhaçaria que celebra as cenas circenses tradicionais em leituras contemporâneas. Na busca por reviver a tradição dos palhaços, a trupe apresenta entradas clássicas com elementos próprios, promovendo o encontro entre o riso secular e o atual.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 12h no Mini-Guaíra - Aud. Glauco Flores de Sá Britto
Lima entre Nós – Estudo compartilhado a atualidade de Lima Barreto, com Leandro Santanna, Marcela Carvalho, Marcelo Viégas, Marcia do Valle, e direção de Marcia do Valle.
Espetáculo solo sobre a obra de Afonso Henriques de Lima Barreto, suas angústias como cidadão brasileiro e as questões sociais de seu tempo, refletidas na atualidade nacional.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 40

Às 12h30 no Basement Cultural
Insanos, com Anderson Lima, José Celso Cavalieri, e direção CIA Teatral JC.
Resultado de uma longa pesquisa, o espetáculo mostra os devaneios de uma pessoa que sofre de esquizofrenia. Suas ânsias de morte e seu desejo de ser Deus para salvar todo o mundo! Psicopata assassino e paranoico, ele passeia por seus delírios regados de sangue e morte enquanto narra sua infância.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 40

Às 13h na Praça João Cândido-Ruínas
Callejerosa, com Gabriel Calderón.
A magia inesperada do encontro entre o artista, seus títeres e o público. O ritual do elo, da reflexão, a essência que move. A intervenção nas ruas do mundo: o singelo e a surpresa!
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 13h no Mercado Municipal
A Saga de Dom Quixote e Sancho Pança, Bruno Léo, Gabriel Marin, Marcella Marin, Marcelo Guedes, Zeza Freitas.
A peça, unindo a comédia pastelão e a linguagem do palhaço, resgata as andanças do famoso Cavaleiro da Triste Figura e seu escudeiro, que saltam das páginas do livro para convidar o público a viver as suas aventuras “e loucuras”. Um encontro inesperado entre público e a obra-prima de Cervantes.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 14h no Ruínas de São Francisco
Uma trupe no país das maravilhas, com Allana Cristina, Bianca Sayuri, Elisa Chacon, Francisco Sokolowski, Fernanda Oliveira, direção de Andreia Frag.
Um grupo de atores mambembes chega à cidade e inicia o espetáculo: uma adaptação do clássico de Lewis Carroll que conta a história de Alice, uma menina curiosa e inteligente que cansada do seu mundo monótono e livros sem gravuras segue um curioso coelho e acaba caindo no “País das Maravilhas”.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 14h no Teatro Cleón Jacques
Os Esquecidos, com Daniel Bontorin, Eduardo Neto, Fatima Gobetti, Grazielle Garcia Nappa, direção de Nayara Perera.
Você se lembra daquelas histórias que nossos avós costumavam nos contar quando éramos crianças? O famoso Lobisomem, a alma penada, a noiva, o vampiro... Será que esses personagens estão esquecidos? Para descobrir, uma terapeuta junta essas quatro figuras lendárias para uma sessão de terapia.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 20

Às 15h na Associação Atlética Banco do Brasil
Os vingadores, com Alanna de Souza, Bill Raulino, Davi Godoi, Emanoel Dias Manolo, Fernando Matiello, Ricardo Godoi, Treat Serpa, direção de Treat Serpa.
Os Vingadores são um grupo de super-heróis de história em quadrinhos que fez muito sucesso no cinema. Agora eles vem para o teatro em uma aventura com muita ação, pois os vilões precisam ser detidos.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 15h no Espaço Footwork
Curso footwork de patinação para iniciantes, com Cleber Reikdal, Gustavo Uchoa.
Todos podem aprender a patinar. Curso de patinação, separado por nível e idade, para iniciantes. Os iniciantes podem trazer seus patins ou alugar no local. Curso começa pontualmente às 15h.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 30

Às 15h na Ruínas de São Francisco
No tanque do quintal tem um mar pra juvenal, com Ali Freyer, Rafael Di Lari, direção de Rodrigo Hayalla.
O espetáculo faz parte da trilogia “Bichos do Quintal”. São narrativas que apresentam uma criança como personagem principal e o cenário é sempre o quintal da casa tratado como um espaço de descobertas, um lugar que é conhecido e confortável.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 15h na Casa Eliseu Voronkoff
O patinho feio, com Claudio Miiller, Edson Naindorf, Janete Lucia Mattei, Pedro Kobachuk, direção de Claudio Miiller.
O Patinho feio narra a história de uma pequena ave cuja feiura causa desprezo entre os outros animais. Um conto clássico, com uma trama que seduz e encanta. Remete-nos a solidariedade e respeito às diferenças. Ele vence as adversidades do destino, superando todos os obstáculos.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 12

Às 15h no Teatro Novelas Curitibanas
Quero brincar, com Fernanda Gorosito, Gabriel Gorosito, Haydeé Gorosito, Hermes Bruchmann, Letícia Lass, Manuela Kochinski, direção de Gabriel Gorosito.
O Musical “Quero Brincar” surgiu do livro para educação infantil que as autoras lançaram em 2012. Neste musical para os pequeninos, vamos brincar, cantar e rir muito! São canções divertidas que trabalham também a expressão e percussão corporal.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 20

Às 15h no Ave Lola
Não contém glúten, com Pablito Kucarz, Helena de Jorge Portela, Sérgio Roveri, Michele Menezes, Paola Pagnosi, Lucas Amado, Enzo Veiga e Maureen Miranda., direção de Rodrigo Ferrarini e Assis Benevenut.
Sábado à noite. O casal Sue e Michael recebe em seu apartamento Dorothy e Henry, amigos de longa data. Diante dos visitantes, que parecem desfrutar de uma realidade idílica, os donos da casa são obrigados a encarar a insignificância do seu dia a dia e seu relacionamento desgastado.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 15h no Casa do Damaceno
Maça Podre, com Alejandro Robino, Eduardo Osorio Silva, Gustavo Bieberbach, Rafael Motta, Ricardo Goulart, direção de Mariana Corale.
A peça narra o dia fatídico de um político corrupto, dividida em três atos: pela manhã, quando o político se encontra em seu gabinete com o assessor; durante a tarde, num apartamento com seu amante às escondidas e à noite, à beira de um rio com um velho amigo de infância vendedor de minhocas.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 30

Às 15h no Portão Cultural - Auditório Antônio Carlos Kraide
Eu Severino, com Fer Rodrigues, Francielly Veiga, Heriveuto Souza, Jusciléia Amaral, Michelle Nakajima, Pedro Ziroldo, Valdecir Ferreira, direção de Grupo Paiol.
Severino representa a figura nordestina que migra a fim de se libertar de sua sina. O que deveria ser um sujeito passa a ser qualificação do ser. O espetáculo revela a construção desse eu que coisifica-se em sertão.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 15h no Parque Cambuí - Fazendinha
Contagiando, com Valdir Manfredini, Klaus Faryj, direção de Giselle Xavier.
Ratobias é um rato ranzinza disposto a dominar o mundo. O plano? Tornar as pessoas obesas e doentes, para isso irá incentivá-las a ter maus hábitos de alimentação. Mas um grande susto mudará os planos do malvado rato. “Contagiando é um espetáculo divertido, instrutivo e cheio de ação.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 15h30 na Catedral Tiradentes
Guerra ou sexo, com Alexis Kamikazi, Beatriz Rocha, Bruna Pereira, Gabriela Cubayachi.
A Grécia está em guerra e as mulheres, cansadas dessas aflições e sem poder político de decisão, são convocadas por Lisístrata, que elabora um plano para conseguir um acordo de paz. Porém, para o plano funcionar, será necessária a adesão de todas as mulheres. Será que esse plano dará fim a guerra?
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 15h33 no Salete Chiamulera
Hausmusik Brasil (receitas em família) - Concertos, Colóquios e  Confraternização.
É um Projeto de integração do músico com a comunidade realizada no espaço residencial das famílias, buscando uma maior aproximação do artista criador e recriador com o público apreciador “Transformando a sala de estar de nossas residências em um Palco Temporário para a Arte”. Convites dirigidos pelo telefone (41) 3017-2052 14 às 18 Horas.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 16h no Teatro Rodrigo D’Oliveira
Tintino o espetáculo continua..., com Andressa Ribeiro, Danilo Pedrosa, Jhenifer Istrisoski, Laura Hernaski, direção de Rodrigo D’Oliveira.
Adaptação do livro “Tintino”, de Chico Xavier, ditado pelo espirito de Francisca Clotilde. Com simplicidade e muita dose de esperança, o espetáculo mostra os últimos dias de vida de um palhaço na terra e os primeiros números de seu show em um entardecer mágico de um mundo mais feliz.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 16h no Espaço Fantástico das Artes
Gran circo stopim, com Palhaça Tinoca, Palhaço Sarrafo, Palhaço Wilson, direção de Sarrafo.
Uma homenagem aos grandes circos que já existiram, reunindo acrobatas, malabaristas, domadores, mágicos, poodles amestrados, homem-bala, bailarinas, músicos e apresentadores, todos interpretados por apenas três palhaços: Sarrafo, Tinoca e Wilson.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 16h no Sesi Portão
Locas margaritas no cena criança, com Gabriela Cespedes.
Era um dia qualquer para Saverio, o cão da nossa história, quando uma margarida floresceu em sua cauda. A partir desse dia, sua vida tomou um novo rumo. Se possuir beleza é um anseio para muitos, para Saverio isso se tornou um pesadelo, porque todos queriam arrancar dele aquela linda flor.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 16h no Praça de Bolso do Ciclista
Raíces, com Guilherme Franco, Jana Pereira, José Pereira, Júlio Rodrigues, Luis Cláudio, Marilia Ribeiro, direção de Chicão Santos.
O espetáculo traz uma reflexão acerca das relações de poder e propõe para o espectador um autoquestionamento sobre o que gostaria de queimar e o que gostaria que permanecesse, compondo individualmente um painel históricocritico da realidade.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 16h20 no TUC - Teatro Universitário de Curitiba
Momo: o anarquista coroado, com Ricardo Nolasco.
Dando continuidade a uma pesquisa que busca a construção de uma mitologia pessoal pelas ruas de Curitiba, o performer Ricardo Nolasco convida para uma ocupação ritual do espaço público em um jogo coletivo influenciado pelo estudo do tarot na evocação de figuras como Gilda, rei rainha Momo e Artaud.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 16h30 no Praça João Cândido - Ruínas
Pássaros em chamas, com Dani Rocha, Gislaine Staub, Jean Cequinel, Lucas Franco, Vinicius Staub, direção de Kamila Martins.
Um pássaro que voava lindamente é capturado. Aprisionado, sofre e chora por sua liberdade. O pássaro conta sua trajetória e anseios, fala dos desafios de ser livre tendo que sobreviver a predadores e emboscadas do homem, narra quão dolorido é estar em uma gaiola tendo asas cortadas.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 17h no Teatro Fernanda Montenegro
Os saltibamcos, com Alexandre Alenski, Ana Flavia Correa, Daniele Machado, Lucas Duh, Marcyo Luz, Mateus Hecke, Sabrina Andrade, direção de Joao Luiz Fiani.
A peça narra a história do encontro de quatro animais (um jumento, um cachorro, uma galinha e uma gata) que, devido a maus tratos, fugiram de seus patrões. Aos poucos se conhecem e vencem as diferenças. Juntos decidem formar um grupo musical e rumam à cidade para começar a carreira artística.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 17h na Associação Atlética Banco do Brasil
Miraculous: As aventuras de Ladybug, com Bill Raulino, Bryan Lucas, Camila Penter, Carol Belemer, Rosana Valini, Treat Serpa, direção de Treat Serpa.
As Aventuras de Ladybug, a série de animação da TV, agora vai para o palco com muita aventura e luta dos heróis contar o mal.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 17h no Teatro Lala Schneider - Sala Odelair Rodrigues
A dona baratinha da silva só, com Marcyo Luz, direção de Rogerio Bozza.
Partindo da famosa história da Carochinha, a fábula procura resgatar a magia e o encantamento, um tanto esquecidos nos dias de hoje, principalmente junto às nossas crianças.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 17h no Espaço Footwork
Curso footwork de patinação avançada, com Cleber Reikdal, Gustavo Uchoa.
Todos podem aprender a patinar. Curso de patinação, separado por nível e idade, para quem já sabe patinar - adiantados. Os patinadores devem ter patins próprio modelo Semi-Profissional ou Profissional Artístico.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 30

Às 17h na C’adore Comida Descomplicada
Ruby box teatro a la carta, com Carlota Riveros, direção de Carlota Riveros.
Convida a uma viagem de pequenas poesias sobre maletas.Nesta viagem encontrará histórias lindas e feias, de paz e de guerra, histórias bacanas e humanas.Todos juntos veremos as miniaturas! O espetáculo vai começar porque temos humanos reunidos e curiosos. Desliguem seus celulares e vivam a vida agora.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 17h na Praça Catedral Tiradentes
Um dedo de prosa, com Deraldo, Fernando Rino, Fátima Martins, Tãnia Farias Reis, direção de Fátima Martins.
Jacira, moça caipira, chega em Curitiba e convida o público para o diálogo. A prosa “boa por demais” narra as aventuras vividas pela personagem ao chegar à cidade grande. Em meio a tantos símbolos de riqueza e miséria ela emociona o público pela simplicidade e humanidade.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 17h no Teatro Cleón Jacques
Caos, com Babi Ferreira, Cândida Luciano, Giovana Blum, Giulia Straube, direção de Hany Lissa Morgenstern.
O tema, que não poderia ser mais atual, fala da imaturidade do ser humano com o poder e aborda a discussão sobre a ordem que impera nas relações.
Classificação indicativa: 10 anos
Preço: R$ 40

Às 17h no Largo da Ordem – Cavalo Babão
Brasil, de verso e prosa, com Luciana Ezarani, Angel beatriz, Cintia Travassos, direção de Luciana Ezarani.
O Brasil e as suas regiões contadas em versos dos poetas mais importantes da nação e em prosa com textos de grandes autores nacionais. Um Brasil de poesia, contos e encantos.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuita

Às 17h no SEEC - Auditório Brasílio Itiberê
Artrite, com Janaína Ferreira, Maisa Ribeiro, Sabrina Marques, direção de Janaína Ferreira.
O que é criado e obtido no decorrer do tempo? Quantos ossos são quebrados para manter os ideais? Questionamos se o caminho depende apenas de nossas escolhas ou simplesmente acontecem e mudamos todos os planos. Só nos resta saber quantas artrites precisamos enfrentar para ser o que queremos ser.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuita

Às 18h e 22h no Largo da Ordem – Memorial
Kitutu gourmet, com Kelma Zenaide.
Kitutu significa comida saborosa. Kelma Zenaide idealiza a partir de inspirações ancestrais que entrelaçam culinária afro-brasileira e a resistência de mulheres negras.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 18h na Sala Londrina - Memorial de Curitiba
Ama, com Anair Patrícia, Anderson Ferreira, Andréa Rodrigues, Elisa Nunes, Michele Bernardino, Rainy Campos, Will Soares, direção de Sinara Teles.
Depois de muito tempo, desde a última vez que Jinga e Ama organizaram um pagode juntas no Morro da Costa do Ouro, as personagens se reencontram. O retorno à Costa do Ouro parece ser como um respiro de energias e lembranças daquilo que se é e que não pode ser esquecido.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 30

Às 18h no Comparsaria Cênica
Os comparsas em amor e comédia, com Felipe Baluta, Gislaine Staub, Hamilton Maia, Kamila Martins, Vinicius Staub, Vitória Marafigo, direção de Helio de Aquino.
Borracha é empregado de Gaspar, um produtor teatral casado com Laura, uma atriz com dificuldades de atuação. Laura chama Borracha, que não sabe o que é teatro, para o ensaio de seu espetáculo e o empregado acaba entendendo o ensaio como uma declaração de amor da patroa para ele.
Classificação indicativa: 12 anos
Preço: R$ 30

Às 18h no Espaço Araucária - MON
Poses para dormir, com Amanda Vicentini, Ane Adade, Blanc.ag Design e Conteúdo, Danilo Rudah, Diego Fortes, Diego Fortes, direção de Diego Fortes
Em dois apartamentos vizinhos em um país estrangeiro, uma série de coincidências cruza a vida e a identidade de seus habitantes. Nadia, que sofre de pesadelos incendiários, recebe a visita de Jota, um escritor de contos pornográficos. Ele é pai de Tao, uma garota soldado, que desenvolve uma paixão por Bruno, o marido de Nadia.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: Gratuito

Às 18h no Portão Cultural - Auditório Antônio Carlos Kraide
Outra Chance, com Aline de Cássia Bernardino, Eduarda Santana, Flávia Cristina Soares, Jessica Tavares, Layla Oliveira, direção de Felipe Quadra.
Uma enfermeira questiona seus problemas comparando-os ao drama dos hospitais. A vida de sete personagens se entrelaçam na medida que cada um reconta sua vida. Abandono, doação, suicídio e o próprio teatro são alguns dos temas abordados. Podemos ajudar alguém antes que nosso coração pare de pulsar?
Classificação indicativa: 12 anos
Preço: R$ 10

Às 18h no TEUNI
Palhastê: O palhaço que existe em mim saúda o palhaço que existe em você, com Adriano Magalhães, Charles Augusto, Chris Mayer, Marcelo de Souza, direção de Rodrigo Robleño.
Em plena ditadura militar, o autor escancarou fortemente para a sociedade brasileira, com riqueza de conteúdo, a realidade das relações do “submundo” em que personagens como Vado (gigolô), Neusa Sueli (prostituta) e Veludo (homossexual) vivem e disputam o poder de domínio de um sobre o outro.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 28

Às 18h no Teatro João Luiz Fiani
Navalha na Carne, Anderson Ribas, Danilo Avelleda, Diego Avelleda, Ike Rocha, Jakson Tostk, Regina Razzolini, direção de Danilo Avelleda.
Em plena ditadura militar, o autor escancarou fortemente para a sociedade brasileira, com riqueza de conteúdo, a realidade das relações do “submundo” em que personagens como Vado (gigolô), Neusa Sueli (prostituta) e Veludo (homossexual) vivem e disputam o poder de domínio de um sobre o outro.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 50

Às 18h no Ruínas São Francisco
Marcelo Ouro, com Marcelo Ouro.
Marcelo Ouro, traz com seu looper suas composições que falam das coisas do dia a dia além de canções do nosso brasil, que vai do carimbó ao samba dando a sua autenticidade na interpretação assim como trazendo reflexão e alegria ao público.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 18h no Mini-Guaíra - Aud. Glauco Flores de Sá Britto
Agreste, com Alex Marques, Amanda Brigano, André Barroso, direção de André Meirelles.
Ele andava muito para encontrá-la, mas quando se viam ficavam a cinco metros de distância - nem um centímetro a mais ou a menos, exatos cinco metros. Uma cerca os separava.
Classificação indicativa: 10 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 18h30 no Basement Cultural
O Desassossego de Fernando Pessoa, com Camila Silva, Day Willain, direção de João Mendes.
A Cia Tablado Das Artes, no desejo de ampliar suas investigações teatrais, vai buscar na obra “Livro Do Desassossego” - escrito por Bernardo Soares, heterônimo de Fernando Pessoa - a possibilidade de um exercício cênico no qual se pretende mostrar o Desassossego do Poeta.
Classificação indicativa: 12 anos
Preço: R$ 20

Às 19h no Teatro Rodrigo D’Oliveira
Missionários da luz, com Andressa Ribeiro, Braz Pereira, Danilo Pedrosa, Eliane Pedroso, direção de Rodrigo D’Oliveira.
Inspirado no livro de André Luiz psicografado por Chico Xavier, o espetáculo mostra a importância do autoaperfeiçoamento. Fala ainda de contatos entre os planos terrestre e espiritual e que a Providência divina concede novos campos de trabalho por meio da reencarnação, com a certeza que a morte física é o início de nova jornada.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 19h no Espaço Fantástico das Artes
Noite de gala, com Palhaça Tinoca, Palhaço Sarrafo, Palhaço Wilson, direção de Sarrafo.
Encontro de grandes artistas da linguagem do palhaço e da comicidade, malabaristas, músicos, improvisadores e dançarinos que apresentam cenas especiais em um mesmo espetáculo. Um verdadeiro show (de esquetes) para finalização da Mostra.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Pague o quanto vale

Às 19h no Espaço Cultural Pé no Palco
Clarice inspira sim, com Alini Maria, Giselle Lima, Natália Sabariego, Saulo, Vinícius Morais, e direção Vanessa Corina.
Espetáculo livremente inspirado na obra A Hora da Estrela, de Clarice Lispector. Em cena, quatro atores revelam, através do jogo cênico, a história de uma mulher que vive numa cidade toda feita contra ela. Intensidade, singeleza, emoção, musicalidade e explosão permeiam a obra do início ao fim.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 30

Às 19h na Casa Eliseu Voronkoff
Antes que ela acorde, com Luciano Lima, Thamires Amaral, Carol Amparo, e direção Thamires Amaral, Carol Amparo.  
Uma casa vazia, um peito vazio e uma visita. A protagonista, que não gosta de visitas, é obrigada a interagir para evitar um silêncio constrangedor e o ocupa com palavras. Enquanto isso, Ela dorme no quarto ao lado e antes que Ela acorde é necessário dizer todas as palavras guardadas.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 12

Às 19h no Teatro Novelas Curitibanas
Um calcanhar avariado e outras histórias, com Beto Bruel, Bruno Karam, Lucan Vieira, Moa Leal, Ranieri Gonzalez, e direção Moa Leal.  
Um calcanhar avariado e outras histórias monólogo inédito de Manoel Carlos Karam, com seus elementos característicos. O humor varia do absurdo à alusão literária, da gozação de clichês às associações. Do lírico ao curto e grosso. Em boa parte, exige cultura. Mas para o resto basta inteligência.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 20

Às 19h no Sala Edson D´avila - Teatro Lala
Orgulho Hetero, com Daniel Marcondes, Marinho Resende, Raphael Lobo.
Uma sátira para os machistas de plantão. Conta a história de três amigos da infância até o casamento. Uma viagem, engraçadíssima, dos anos 90 até os dias atuais. Você não pode perder.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 40

Às 19h no Teatro Paulo Autran
Não Recomendado, com Andiara Hecke, Arthur Firmino, Everton Alves, João Vitor Alfer, Lucas Durães, direção de Lucas Cardoso.
NÃO RECOMENDADO retrata o drama psicológico que passa um transgênero, sua relação com seu corpo, medos, angustias, seus dilemas e seus pensamentos sobre a vida. Mas acima de tudo, sua relação com o RESPEITO, ou a falta dele diante de uma sociedade tão cruel.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 19h na Associação Atlética Banco do Brasil
Histórias Infantis para Adultos, com Alexandre Lopes, Anny Costa, Bryan Lucas, Duda Almeida, Emanoel Dias Manolo, direção de Treat Serpa.
Uma comédia em que vários personagens de historias infantis estão misturados. É vovó correndo atrás de lobo mau, princesas em busca de um príncipe, bruxa, os três mosqueteiros, chapeuzinho vermelho, caçadores e até um homem aranha mona. Uma historia infantil para adulto ver.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 40

Às 19h no Ave Lola
A Pequena Abelha e a Árvore Alta, com Ailén Roberto, Ana Rosa Genari Tezza, Arthur de Lima Jaime, direção de Ana Rosa Genari Tezza.
O espetáculo dá continuidade a pesquisa poética da Trupe Ave Lola, levando a cena um universo fantástico. A história acontece na época áurea do ciclo da borracha, em Manaus de 1911. Três mulheres de povos distintos são desafiadas a enfrentar os medos e as ameaças de uma dura realidade.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: Pague o quanto vale

Às 19h no Teatro Fernanda Montenegro
Balaio de Gato, com Augusto Amaral, Bruna Romão, Brunna Nicole, Bruno Stroka, Dan Zenon, Evaldo Pedroso, direção de Marcyo Luz.
Uma pensão onde moram os tipos mais engraçados e complicados do planeta. Um musical embalado pelos clássicos dos anos 70, dentro de uma pensão que é um verdadeiro Balaio de Gato.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 19h no Teatro Lala Schneider - Sala Odelair Rodrigues
Equívocos, com Matheus Carneiro, Alexia Boscardin, Bruna Gazolla, Daniella Pompeo Caron, direção de Fernanda Bahl.
Palhaços, somos todos um pouco. Nessa divertida comédia cheia de equívocos vamos embarcar em diversas situações, em cenas sem falas, com falas e até na língua gromelô: uma linguagem em que você vai entender tudo, mesmo não entendendo nada. Venha rir dos equívocos da vida com a gente!
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 19h30 na Tribuna da PUC
O Inspetor Geral, com Arthur Santarosa, Bruno Ducate, Guilherme Koehler, Junior Guará, Matheus Marcondes, direção de Sérgio Richter.
Dirigentes de uma cidadezinha do interior da Rússia, no século XIX, entram em polvorosa ao receber notícia da iminente chegada de um inspetor do Governo Federal, que viaja incógnito.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: Gratuito

Às 20h no TEUNI
Palhastê: O palhaço que existe em mim saúda o palhaço que existe em você, com Adriano Magalhães, Charles Augusto, Chris Mayer, Marcelo de Souza, direção de Rodrigo Robleño.
Todo palhaço quer amar e ser amado. Pacacoenco encontra a oportunidade certa para estar com o público quando substitui um famoso guru e oferece sua própria visão do autoconhecimento transcendental. Para isso, ele cria a Filosofia “Palhastê”, com mantras risíveis e momentos de pura magia.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 28

Às 20h no SEEC - Auditório Brasílio Itiberê
Na Hora do Adeus, com Kenny Alberti, Marcus Tardin, direção de MT Produções.
Após um acidente que transforma profundamente a vida de um jovem casal, um último encontro se estabelece determinando novas escolhas. A depressão e a possibilidade de suicídio se tornam latentes, últimas palavras são ditas. A necessidade de superação e de encontrar o novo caminho é a única saída.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 40

Às 20h no Teatro Cleón Jacques
Brasil de João e Maria, com Adonai Pilati, Ezequias Bonfim, Felipe Frutuoso, Fernanda Duarte, Jakeline Barra, direção de Lirani Duarte.
Existe um Brasil diferente, oculto. É o Brasil de João e Maria, onde tem brasileiros que, como eu, como você, acordam cedo, trabalham muito e têm pouco dinheiro. Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 10

Às 21h no Teatro Cena Hum
Animalesca fortunada aventura de reconte de amor e morte, com Cleber Hidalgo, Eliza Jung, Emmanuel Faria, Everson Silva, Iara Elliz, José Augusto Bergossi, direção de Léo Campos.
Com oito indicações e duas premiações no Troféu Gralha Azul 2018, a peça conta a história de uma trupe de teatro que guiada por um estranho diretor resolve montar um “grande espetáculo”. Com humor, a trama se desenvolve num clima de desconfiança sobre o ineditismo de tal “obra-prima”.
Classificação indicativa: 10 anos
Preço: R$ 40

Às 21h no Espaço Cultural Pé no Palco
Fico besta quando me entendem ou sorvete flamejante cerejas, com Alessandra Cristine Mendes, Alini Maria, Ana Maria Vilas Boas, Cassiana Marcondes, direção de Vanessa Corina.
Livremente inspirado na obra de Hilda Hilst, o espetáculo conta com a presença de nove mulheres/ atrizes que revelam e denunciam suas particularidades dentro de um incomum cotidiano poético, hilariante e envolvente.
Classificação indicativa: 14 anos
Preço: R$ 30

Às 21h no Curitiba Comedy Club
Quase ogro! Com Marco Zenni, com Marco Zenni.
Saiba como domesticar aquele animal selvagem que vive com você: seu homem. Neste show, Marco Zenni conta alguns segredos e desvenda alguns mistérios da espécie.
Classificação indicativa: 18 anos
Preço: R$ 60

Às 21h no Teatro João Luiz Fiani
O Pelicano, com Alexandre Alenski, August Strindberg, Daniela Jurczyczyn, Hellen Maia, Helmann Soares Padilha Junior, Thati Morais, Thays Fernanda Poplade, direção de Jader Alves.
Em uma casa gelada, mãe, filho, filha, genro e empregada remoem suas angústias e vociferam verdades dolorosas, tornando a convivência familiar em uma sessão contínua de troca de insultos. A violência verbal e emocional é uma das marcas definitivas de O Pelicano, peça escrita em 1907.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 21h no Sala Edson D´avila - Teatro Lala
Abbey’2069, com Ana Ualdi, Alan Motter, Luciano Saraiva, direção de Antonio Luciano.
Pam sobrevive a uma guerra nuclear. Depois de anos sem energia, em 2069 ela encontra um antigo disco de uma velha banda famosa e reencontra Mr. Mustard, um empresário decadente e enlouquecido que guarda um segredo. Há nela o desejo de recomeçar. Mas recomeçar o quê? O velho Abbey Road na integra.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 30

Às 21h no Associação Atlética Banco do Brasil
Abbey’2069, com Anny Costa, Bill Raulino, Emanoel Dias Manolo, Nádia Kelly, Robinson Tocera, Rosana Valini, Simone Ceve, Treat Serpa, direção de Treat Serpa.
Pam sobrevive a uma guerra nuclear. Depois de anos sem energia, em 2069 ela encontra um antigo disco de uma velha banda famosa e reencontra Mr. Mustard, um empresário decadente e enlouquecido que guarda um segredo. Há nela o desejo de recomeçar. Mas recomeçar o quê? O velho Abbey Road na integra.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 40

Às 21h no Portão Cultural - Auditório Antônio Carlos Kraide
A Noite das Mal Dormidas, com Anderson Ribas, Gabriel Spanamberg, Guilherme Osty, Niels Petersen, direção de João Luiz Fiani.
Umas das peças mais encenadas em Curitiba, e que circulou por quase todo o país, ganha nova versão dirigida por João Luiz Fiani. Escrita em 1975, por Niels Petersen, conta o divertido cotidiano de três cinquentonas.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40

Às 21h30 no Basement Cultural
Terceiro dia, com Conceição Rios, Maria Fernanda Gurgel, Márcio Azevedo, Rafael Carretero.
Itabira, 1918. É imposto ao jovem Carlos Drummond de Andrade, aos 14 anos, por seus pais severos e abastados, que termine seus estudos num tradicional colégio interno em Nova Friburgo (RJ). Nos dois anos seguintes Drummond conhece a dor da solidão, os dissabores da perda.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 15

Às 22h no Sala Londrina - Memorial de Curitiba
Projeto maravilhas, com Aisha Brunno, Bremmer Guimarães, Bruno Lelis, Cláudio Dias, direção de Cláudio Dias.
Corpos que habitam a cidade, entre o medo e a violência, entre o amor e a sacanagem. Sonham futuros com os olhos no presente, este que nos espreita e ameaça. Projeto Maravilhas faz um recorte contemporâneo das potências e fragilidades das homossexualidades nos espaços urbanos reais e imaginados.
Classificação indicativa: 16 anos
Preço: R$ 30

Guritiba

Às 14h no Teatro Bom Jesus
Gente que brinca, com as idealizadoras Siciane Geruntho e Thaís Schwind.
Brinquedos e brincadeiras que não se plugam na tomada para divertir crianças e adultos. Corda, elástico, perna de pau e diversos outros estarão disponíveis para quem quiser se divertir de maneira leve e descontraída.
Classificação indicativa: Livre
Preço: Gratuito

Às 16h no Teatro Bom Jesus
Malala, a menina que queria ir para a escola, com Adassa Martins, Dulce Penna, Fernanda Sal, Hugo Germano, Ivson Rainero, direção de Renato Carrera.
A peça conta a saga de uma jornalista, curiosa, desbravadora e inquieta, que atravessa meio mundo para descobrir o que aconteceu com a menina MalalaYousafzai, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, e porque ela estava sendo perseguida. Uma missão perigosa, pois a terra natal de Malala, um vale de extraordinária beleza no interior do Paquistão, era um território proibido para jornalistas. Vestida como as mulheres do Vale do Swat, a jornalista circula pelas ruas da cidade, se hospeda na casa de moradores locais, conhece as amigas de Malala, sua escola e até mesmo a casa onde morava.
Classificação indicativa: Livre
Preço: R$ 40 (R$ 20 meia entrada)

Confira a programação do festival nos dias 26, 27, 28, 29, 30, , 2, Site Disk Ingressos 

» Bilheteria do ParkShopping Barigüi

R. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600

Piso Superior, lado Norte

Segunda a sexta: 11h às 23h

Sábado: 10h às 22h

Domingo: 14h às 20h

 

» Bilheteria do Shopping Mueller

Av. Cândido de Abreu, 127

Piso L3

Segunda a sábado: 10h às 22h

Domingos e feriados: 14h às 20h

 

Site do Festival de Curitiba

 

Como usar o desconto do clube

Desconto de 50% disponível para sócios do Clube Gazeta do Povo.

Válido para compra de 2 ingressos em peças da mostra principal e do Fringe. Não válido para as demais mostras.

Desconto concedido mediante apresentação do cartão do Clube Gazeta do Povo ou cartão virtual via aplicativo (saiba mais) acompanhado de documento de identificação oficial com foto. A apresentação do cartão e do documento é obrigatória.

Não cumulativo com outros descontos e promoções.

Preços

Varia de acordo com a atração